Linguagem - Língua dinamarquesa

Linguagem  >  Língua dinamarquesa

Língua dinamarquesa

O dinamarquês (dansk) é uma língua nórdica falada predominantemente na Dinamarca, e ainda no Ducado de Schleswig na Alemanha, na Groenlândia e nas Ilhas Faroe. Este idioma provem do nórdico antigo, estando por isso próximo do norueguês e do sueco. Os falantes destas línguas se entendem com certa facilidade.

Os primeiros textos em dinamarquês datam de cerca de 1200. No final do século XIV a rainha Margareth I decidiu trocar o latim, que era a língua administrativa, pelo dinamarquês.

O dinamarquês moderno se desenvolveu a partir da língua escrita durante o período da Reforma Protestante, fortemente influenciado nos séculos XVII e XVIII pelo dialeto falado pelos habitantes de Copenhague, centro cultural, econômico e político da nação.

A história da língua dinamarquesa se divide em três períodos :

* Dinamarquês antigo - Olddansk (cerca de 800-1100) - correspondendo em grande parte à Era Viquingue, era a variante dinamarquesa do Nórdico Antigo, partilhada entre a Dinamarca, a Noruega e a Suécia;

* Dinamarquês medieval - Gammeldansk (cerca de 1100-1525) - correspondendo à Idade Média;

* Dinamarquês moderno - Nydansk (a partir de 1525) - após a Reforma Protestante até os dias atuais.

De todas as línguas escandinavas a dinamarquesa é a que se distanciou mais remotamente das suas raízes nórdicas comuns, sobretudo pela localização geográfica da Dinamarca que forma uma ponte entre os países nórdicos e a Europa continental, abrindo assim a porta a uma influência considerável do baixo-alemão.

País

Dinamarca

Dinamarca (em dinamarquês: Danmark, [ˈd̥ænmɑɡ̊]), oficialmente Reino da Dinamarca, é um país nórdico da Europa setentrional e membro sênior do Reino da Dinamarca. É o mais meridional dos países nórdicos, a sudoeste da Suécia e ao sul da Noruega, delimitado no sul pela Alemanha. As demais fronteiras da Dinamarca são marítimas, ao norte e leste com o Mar Báltico e ao oeste com o Mar do Norte. O país é composto por uma grande península, a Jutlândia, e 443 ilhas, das quais 78 habitadas, com destaque para a Zelândia (Sjælland), Funen (Fyn), Vendsyssel-Thy, Lolland, Falster e Bornholm, assim como centenas de ilhas menores, muitas vezes referidas como o Arquipélago Dinamarquês. A Dinamarca há muito tempo controla a entrada e a saída do mar Báltico, já que isso só pode acontecer por meio de três canais, que também são conhecidos como os "Estreitos Dinamarqueses".

A língua nacional, o dinamarquês, é próxima do sueco e do norueguês. A Dinamarca compartilha fortes laços históricos e culturais com a Suécia e com a Noruega. 82,0% dos habitantes da Dinamarca e 90,3% da etnia dinamarquesa são membros da Igreja Estatal Luterana. Cerca de 9% da população tem nacionalidade estrangeira, sendo que uma grande parte deles são provenientes de outros países escandinavos.

Ilhas Feroe

Ilhas Féroe ou Ilhas Faroé(s) (em feroês: Føroyar ou Føroyarland; em dinamarquês: Færøerne e em nórdico antigo: Færeyjar) são um território dependente da Dinamarca, localizado no Atlântico Norte entre a Escócia e a Islândia.

O arquipélago é formado por 18 ilhas maiores e outras menores desabitadas que acolhem, ao todo, 47.000 pessoas em uma área de 1.499 km². Na ilha maior (Streymoy), encontra-se a capital, Tórshavn, com 16.000 habitantes (1999). As terras mais próximas são as ilhas mais setentrionais da Escócia (Reino Unido), que ficam a sul-sueste, e a Islândia, situada a noroeste.

Islândia

Islândia é um país nórdico insular europeu situado no oceano Atlântico Norte. O seu território abrange a ilha homônima e algumas pequenas ilhas no oceano Atlântico, localizadas entre a Europa continental e a Groenlândia (Gronelândia em português europeu). O país tem população de quase 350 mil habitantes em uma área de cerca de 103 mil quilômetros quadrados. A sua capital e maior cidade é Reiquiavique, cuja área metropolitana abriga cerca de dois terços da população nacional. Devido à sua localização na dorsal mesoatlântica, a Islândia tem uma grande atividade vulcânica e um importante gradiente geotérmico, o que afeta muito a sua paisagem. O interior é constituído principalmente por um planalto caracterizado por campos de areia, montanhas e glaciares. Aquecida pela corrente do Golfo, a Islândia tem um clima temperado em relação à sua latitude e oferece um ambiente habitável.

Segundo Landnámabók, o povoamento da Islândia começou em 874, quando o chefe norueguês Ingólfur Arnarson se tornou o primeiro morador norueguês permanente da ilha. Outros exploradores, como Naddoddr já a tinham visitado antes, mas ficaram lá apenas durante o inverno. Nos séculos seguintes, os povos de origem nórdica e céltica instalaram-se no território da Islândia. Até ao, a população islandesa era fortemente dependente da pesca e da agricultura e o território do país era, entre 1262 e 1918, parte das monarquias norueguesa e, mais tarde, dinamarquesa. No, a economia e o sistema de proteção social da Islândia desenvolveram-se rapidamente e, nas últimas décadas, o país tem implementado o livre comércio no Espaço Econômico Europeu, acabando com a dependência da pesca e partindo para novos domínios econômicos no setor de serviços, finanças e de vários tipos de indústrias. A Islândia tem uma economia de livre mercado com baixos impostos em comparação com outros países da OCDE.

Gronelândia

A Groenlândia, Groelândia ou Gronelândia (em gronelandês: Kalaallit Nunaat, "nossa terra"; em dinamarquês: Grønland, "terra verde") é uma região autónoma do Reino da Dinamarca. O seu território ocupa a ilha com o mesmo nome, considerada a maior do mundo, além de diversas ilhas vizinhas, ao largo da costa nordeste da América do Norte.

As suas costas são banhadas a norte pelo oceano Glacial Ártico, a leste pelo mar da Gronelândia, a leste e sul pelo Oceano Atlântico e a oeste pelo mar do Labrador e pela baía de Baffin. A terra mais próxima é a ilha Ellesmere, a mais setentrional das ilhas do Arquipélago Ártico Canadiano, da qual está separada pelo estreito de Nares. Outros territórios próximos são: no mesmo arquipélago canadiano, a oeste, a ilha de Devon e a ilha de Baffin; a sudeste a Islândia; a leste a ilha de Jan Mayen e a nordeste o arquipélago de Esvalbarda, ambos possessões da Noruega.

Linguagem

Danish language (English)  Lingua danese (Italiano)  Deens (Nederlands)  Danois (Français)  Dänische Sprache (Deutsch)  Língua dinamarquesa (Português)  Датский язык (Русский)  Idioma danés (Español)  Język duński (Polski)  丹麦语 (中文)  Danska (Svenska)  Limba daneză (Română)  デンマーク語 (日本語)  Данська мова (Українська)  Датски език (Български)  덴마크어 (한국어)  Tanskan kieli (Suomi)  Bahasa Denmark (Bahasa Indonesia)  Danų kalba (Lietuvių)  Dansk (Dansk)  Dánština (Česky)  Danca (Türkçe)  Дански језик (Српски / Srpski)  Taani keel (Eesti)  Dánčina (Slovenčina)  Dán nyelv (Magyar)  Danski jezik (Hrvatski)  ภาษาเดนมาร์ก (ไทย)  Danščina (Slovenščina)  Dāņu valoda (Latviešu)  Δανική γλώσσα (Ελληνικά)  Tiếng Đan Mạch (Tiếng Việt) 
 mapnall@gmail.com