Linguagem - Língua somali

Linguagem  >  Língua somali

Língua somali

A língua somali é falada na Somália, Etiópia, Quênia e Djibuti. Faz parte do subgrupo cuchítico da família das línguas afro-asiáticas. Suas línguas mais próximas são as línguas afar e oromo. Dentre as línguas cuchíticas é a mais bem documentada, com estudos acadêmicos desde 1900.

As estimativas quanto à quantidade de falantes variam muito: A falta de censo estatístico na terra pátria (Somália) e uma grande quantidade de expatriados refugiados torna impossível avaliar corretamente a quantidade de falantes de somali. Estimativas plausíveis ficam entre 10 a 16 milhões no mundo, sendo que cerca de meio milhão têm o somali com segunda língua.

Uma fonte estima que haja 7,78 milhões de falantes de Somali na Somália e mais 4,87 milhões em outros países. . A "Dutch Universiteitsbibliotheek Utrecht" (Biblioteca Universitária Holandesa de Utrecht) avalia os falantes de somali em 10 a 15 milhões.

País

Djibouti

O Djibuti ou Jibuti (undefinedDjibouti ; جيبوتي, transliterado ' ), oficialmente República do Djibuti''', é um pequeno país do nordeste de África, limitado a norte pela Eritreia, a leste pelo estreito de Bab el Mandeb, pelo Golfo de Áden e pela Somália e a sul e oeste pela Etiópia. A capital é Djibuti.

O país está localizado na África Oriental, mais precisamente a leste do golfo de Áden. O golfo, o mar Vermelho e o canal de Suez são acidentes geográficos que servem de acesso ao oceano Índico e ao mar Mediterrâneo. A contribuição dada pela localização de Djibuti foi a transformação da capital do mesmo nome, em um porto principal. De modo potencial, a importância dessa localização é estratégica. Apesar da livre passagem dos navios pela litoral de Djibuti, para uma nação poderosa tomar posse da área, a possibilidade seria o controle da navegação de navios entre o oceano Índico e o mar Mediterrâneo.

Etiópia

A Etiópia, oficialmente República Democrática Federal da Etiópia (ኢትዮጵያ ፌዴራላዊ ዲሞክራሲያዊ ሪፐብሊክ, transl. ye-Ītyōṗṗyā Fēdēralāwī Dīmōkrāsīyāwī Rīpeblīk) é um país encravado no Chifre da África, sendo um dos mais antigos do mundo. É a segunda nação mais populosa da África e a décima maior em área. Faz fronteira com o Sudão e com o Sudão do Sul a oeste, com o Djibuti e a Eritreia ao norte, com a Somália ao leste, e o Quênia ao sul. Sua capital é a cidade de Adis Abeba.

Considerando que a maioria dos Estados africanos têm muito menos de um século de idade, a Etiópia foi um país independente continuadamente desde tempos passados. Um Estado monárquico que ocupou a maioria de sua história, a Dinastia Etíope, tem suas raízes no. Quando o continente africano foi dividido entre as potências europeias na Conferência de Berlim, a Etiópia foi um dos dois únicos países que mantiveram sua independência. A nação foi uma dos apenas três membros africanos da Liga das Nações, e após um breve período de ocupação italiana, o país tornou-se membro das Nações Unidas. Quando as outras nações africanas receberam sua independência após a Segunda Guerra Mundial, muitas deles adotaram cores da bandeira da Etiópia, e Addis Ababa tornou-se a sede de várias organizações internacionais focadas na África. Em 1974, a dinastia, liderada por Haile Selassie, foi deposta. Desde então, a Etiópia foi um Estado secular com variação nos sistemas governamentais. Hoje, Addis Abeba ainda é sede da União Africana e da Comissão Econômica das Nações Unidas para a África.

Somália

Somália (em somali: Soomaaliya; الصومال, transl. ), oficialmente República Federal da Somália (em somali: Jamhuuriyadda Federaalka Soomaaliya; جمهورية الصومال الفدرالية, transl. ) e anteriormente conhecida como República Somaliana e como República Democrática da Somália, é um país localizado no Chife da África. Faz fronteira com o Djibuti no noroeste, Quênia no sudoeste, o Golfo de Aden com o Iémen a norte, o Oceano Índico a leste e com a Etiópia no oeste.

Na Antiguidade, a Somália foi um importante centro de comércio com o resto do mundo antigo. Seus marinheiros e mercadores eram os principais fornecedores de incenso, mirra e especiarias, os itens que foram considerados luxos valiosos para os antigos egípcios, fenícios, micênicos e babilônios com quem o povo Somali negociava. De acordo com a maioria dos estudiosos, a Somália é também o local onde o antigo Reino de Punt estava localizado. Os antigos Punties eram uma nação de pessoas que tinham relações estreitas com o Egito faraônico durante os tempos do faraó Sahure e da rainha Hatchepsut. As estruturas piramidais, templos e casas antigas de alvenaria em torno da Somália acredita-se que datam deste período. Na época clássica, várias antigas cidades-estado como Opone, Mosyllon e Malao, competiam com os sabeus, partos e axumitas pelo rico comércio indo-greco-romano que também floresceu na Somália.

Linguagem

Somali language (English)  Lingua somala (Italiano)  Somalisch (Nederlands)  Somali (Français)  Somali (Deutsch)  Língua somali (Português)  Сомалийский язык (Русский)  Idioma somalí (Español)  Język somalijski (Polski)  索馬里語 (中文)  Somaliska (Svenska)  Limba somaleză (Română)  ソマリ語 (日本語)  Сомалійська мова (Українська)  Сомалийски език (Български)  소말리어 (한국어)  Somalin kieli (Suomi)  Bahasa Somali (Bahasa Indonesia)  Somalių kalba (Lietuvių)  Somali (Dansk)  Somálština (Česky)  Somalice (Türkçe)  Сомалски језик (Српски / Srpski)  Somaali keel (Eesti)  Szomáli nyelv (Magyar)  Somalski jezik (Hrvatski)  ภาษาโซมาลี (ไทย)  Somāļu valoda (Latviešu)  Σομαλική γλώσσα (Ελληνικά)  Tiếng Somali (Tiếng Việt) 
 mapnall@gmail.com