Linguagem - Língua inglesa

Linguagem  >  Língua inglesa

Língua inglesa

Inglês (English) é uma língua germânica ocidental que surgiu nos reinos anglo-saxônicos da Inglaterra e se espalhou para o que viria a tornar-se o sudeste da Escócia, sob a influência do reino anglo medieval da Nortúmbria. Após séculos de extensa influência da Grã-Bretanha e do Reino Unido desde o século XVIII, através do Império Britânico, e dos Estados Unidos desde meados do século XX, o inglês tem sido amplamente disperso em todo o planeta, tornando-se a principal língua do discurso internacional e uma língua franca em muitas regiões. O idioma é amplamente aprendido como uma segunda língua e usado como língua oficial da União Europeia, das Nações Unidas e de muitos países da Commonwealth, bem como de muitas outras organizações mundiais. É o terceiro idioma mais falado em todo o mundo como primeira língua, depois do mandarim e do espanhol.

Historicamente, o inglês originou-se da fusão de línguas e dialetos, agora coletivamente denominados inglês antigo, que foram trazidos para a costa leste da Grã-Bretanha por povos germânicos (anglo-saxões) no século V, sendo a palavra english derivada do nome dos anglos e, finalmente, de sua região ancestral de Angeln (no que é agora Schleswig-Holstein). Um número significativo de palavras em inglês são construídos com base nas raízes do latim, visto que esse idioma foi, de alguma forma, a língua franca da Igreja Cristã e da vida intelectual europeia. O inglês foi mais influenciado pela língua nórdica antiga, devido a invasões viquingues nos séculos VIII e IX.

A conquista normanda da Inglaterra no século XI originou fortes empréstimos do franco-normando e as convenções de vocabulário e ortografia começaram a dar a aparência superficial de uma estreita relação do inglês com as línguas românicas, o que agora é chamado de inglês médio. A Grande Mudança Vocálica, que começou no sul da Inglaterra no século XV é um dos eventos históricos que marcam o surgimento do inglês moderno a partir do inglês médio.

Devido à assimilação das palavras de muitos outros idiomas ao longo da história moderna, o inglês contém um vocabulário muito grande. O inglês moderno não só assimilou palavras de outras línguas europeias, mas também de todo o mundo, incluindo palavras do hindi e de origens africanas. O Oxford English Dictionary lista mais de 250.000 palavras distintas no idioma, não incluindo muitos termos técnicos, científicos ou gírias.

Cerca de 375 milhões de pessoas falam inglês como sua primeira língua. O inglês hoje é provavelmente a terceira maior língua em número de falantes nativos, depois do chinês mandarim e do espanhol. No entanto, quando se combina nativos e não nativos é provavelmente a língua mais falada no mundo, embora eventualmente a segunda, ficando atrás de uma combinação dos idiomas chineses (dependendo ou não das distinções esses idiomas são classificados como "línguas" ou "dialetos").

As estimativas que incluem falantes do inglês como segunda língua variam entre 470 milhões a mais de um bilhão, dependendo de como a alfabetização ou o domínio é definido e medido. O professor de Linguística David Crystal calcula que os não-falantes já superam o número de falantes nativos em uma proporção de 3-1.

Os países com maior população de falantes nativos de Inglês são, em ordem decrescente: Estados Unidos (215 milhões), Reino Unido (61 milhões), Canadá (18,2 milhões), Austrália (15,5 milhões), Nigéria (4 milhões), Irlanda (3,8 milhões), África do Sul (3,7 milhões), e Nova Zelândia (3,6 milhões), conforme censo de 2006. Entretanto, apesar dos Estados Unidos ser o país com o maior número de nativos que falam esta língua, o inglês não é o idioma oficial do país, que não tem, em sua Constituição, a designação de um idioma oficial, ao contrário do Brasil, por exemplo, que define o português como sua língua constitucional. É possível, inclusive, que cada estado norte-americano adote a língua que quiser como a sua oficial, bastando para isso criar um artigo em sua legislação estadual.

Países como as Filipinas, Jamaica e Nigéria também têm milhões de falantes nativos de dialetos contínuos que vão do crioulo de base inglesa a versão mais padrão do inglês. Dessas nações onde o inglês é falado como segunda língua, a Índia tem o maior número de falantes (inglês indiano). Crystal afirma que, combinando os falantes nativos e não nativos, a Índia agora tem mais pessoas que falam ou entendem o inglês do que qualquer outro país do mundo.

País

Botswana

Botswana ou Botsuana, oficialmente República do Botswana/Botsuana (em inglês: Republic of Botswana; em tswana: Lefatshe la Botswana), é um país sem costa marítima da África Austral. Anteriormente um protetorado britânico chamado Bechuanalândia, adotou seu novo nome após tornar-se independente, em 30 de setembro de 1966. Desde sua independência, o país teve governos democráticos e eleições ininterruptas, sem sofrer qualquer golpe de estado. Sua capital é Gaborone, que é também a maior cidade do país.

O relevo do Botswana é plano e sua superfície é coberta em até 70% pelo deserto de Kalahari. Faz fronteira com a África do Sul a sul e sudeste, a Namíbia a oeste e ao norte e o Zimbabwe a nordeste. Sua fronteira com a Zâmbia ao norte, perto de Kazungula, não é bem definida, mas uma curta faixa de aproximadamente 750 metros, ao longo do rio Zambeze, com travessia feita por ferry-boat, é comumente usada para marcar a fronteira com este país.

Camarões

Camarões, oficialmente a República dos Camarões ou ainda, por vezes, em português brasileiro República do Cameroun (République du Cameroun; Republic of Cameroon), é um país da região ocidental da África Central. Faz fronteira com a Nigéria a oeste; Chade a nordeste ; República Centro-Africana a leste; e Guiné Equatorial, Gabão e República do Congo, ao sul. O litoral dos Camarões encontra-se no Golfo do Biafra, parte do Golfo da Guiné e do Oceano Atlântico. O país é muitas vezes referida como "África em miniatura ", pela sua diversidade geológica e cultural. Recursos naturais incluem praias, desertos, montanhas, florestas tropicais e savanas. O ponto mais alto é o Monte Camarões no sudoeste, e as cidades mais populosas são Douala, a capital Iaundé (em francês, Yaoundé) e Garoua. Camarões é o lar de mais de 200 grupos linguísticos diferentes. O país é conhecido por seus estilos musicais nativos, especialmente makossa e bikutsi, e pela sua bem-sucedida seleção nacional de futebol. Francês e inglês são as línguas oficiais.

Os antigos habitantes do território incluem a civilização Sao em torno do Lago Chade e os caçadores-coletores Baka nas florestas tropicais do sudeste. Exploradores portugueses chegaram ao litoral no século XV e nomearam a área de Rio dos Camarões, que se tornou Cameroon em Inglês. Os soldados Fulani fundaram o Emirado Adamawa, no norte, durante o século XIX, e vários grupos étnicos do oeste e noroeste estabeleceram tribos poderosas e fondoms. Camarões foi elevado à categoria de colônia alemã em 1884 conhecido como "Kamerun".

Etiópia

A Etiópia, oficialmente República Democrática Federal da Etiópia (ኢትዮጵያ ፌዴራላዊ ዲሞክራሲያዊ ሪፐብሊክ, transl. ye-Ītyōṗṗyā Fēdēralāwī Dīmōkrāsīyāwī Rīpeblīk) é um país encravado no Chifre da África, sendo um dos mais antigos do mundo. É a segunda nação mais populosa da África e a décima maior em área. Faz fronteira com o Sudão e com o Sudão do Sul a oeste, com o Djibuti e a Eritreia ao norte, com a Somália ao leste, e o Quênia ao sul. Sua capital é a cidade de Adis Abeba.

Considerando que a maioria dos Estados africanos têm muito menos de um século de idade, a Etiópia foi um país independente continuadamente desde tempos passados. Um Estado monárquico que ocupou a maioria de sua história, a Dinastia Etíope, tem suas raízes no. Quando o continente africano foi dividido entre as potências europeias na Conferência de Berlim, a Etiópia foi um dos dois únicos países que mantiveram sua independência. A nação foi uma dos apenas três membros africanos da Liga das Nações, e após um breve período de ocupação italiana, o país tornou-se membro das Nações Unidas. Quando as outras nações africanas receberam sua independência após a Segunda Guerra Mundial, muitas deles adotaram cores da bandeira da Etiópia, e Addis Ababa tornou-se a sede de várias organizações internacionais focadas na África. Em 1974, a dinastia, liderada por Haile Selassie, foi deposta. Desde então, a Etiópia foi um Estado secular com variação nos sistemas governamentais. Hoje, Addis Abeba ainda é sede da União Africana e da Comissão Econômica das Nações Unidas para a África.

Gana

Gana (oficialmente República do Gana; em inglês: Republic of Ghana) é um país da África ocidental, limitado a norte pelo Burkina Faso, a leste pelo Togo, a sul pelo Golfo da Guiné e a oeste pela Costa do Marfim. A capital e maior cidade do Gana é Acra. A palavra Gana significa "guerreiro" e é derivada do nome do antigo Império do Gana.

O Gana foi habitado em tempos pré-coloniais por antigos reinos chamados de Akan, incluindo os povos do reino anterior chamados de Império Axânti, Akwamu, Akyem, Bonoman, Denkyira, e Fanti, entre outros. Os não Akan formaram um povo chamado de Ga, assim como os Bonoman. Antes do contacto com os europeus, o comércio entre os Akan e vários estados africanos floresceu devido à riqueza do ouro Akan. O comércio com os países europeus começou após o contacto com o Império Português nos séculos XV e XVII. Os ingleses estabeleceram a Costa do Ouro como colônia em 1874.

Gâmbia

A Gâmbia, oficialmente República da Gâmbia, é um pequeno país da África Ocidental que rodeia o curso inferior do Rio Gâmbia. Tem uma pequena extensão de litoral Atlântico, a oeste, e uma extensa fronteira com o Senegal, que cerca a Gâmbia por todos os demais lados. Sua capital é Banjul.

A língua oficial é o inglês. Os portugueses foram o primeiro povo a decidir estabelecer uma colônia no Rio Gâmbia, ponto estratégico no comércio de escravos. Em 1765, a Gâmbia tornou-se colônia britânica, sendo unida ao país vizinho, sob o nome de Província da Senegâmbia. Em 1965, a Gâmbia tornou-se independente do Reino Unido. Desde que se tornou um país independente, a Gâmbia teve apenas três presidentes – Dawda Jawara, que comandou o país por quase duas décadas, até 1994 o governante Yahya Jammeh, que ascendeu ao poder ao comandar o golpe que derrubou seu antecessor e Adama Barrow eleito por eleições diretas.

Lesoto

Lesoto ou Lessoto (oficialmente Reino do Lesoto; em inglês Kingdom of Lesotho) é um pequeno país da África Austral. Um enclave incrustado na África do Sul, montanhoso e sem saída para o mar, o país é o antigo reino da Bassutolândia, um dos países etnicamente mais homogêneos da África: 99% de sua população é da etnia basotho. O país vive da agricultura e criação de ovelhas na cordilheira do Drakensberg, que domina a maior parte do território e atingem mais de 3 mil metros de altitude. É bastante dependente da África do Sul; o dinheiro enviado por seus cidadãos empregados nas minas e fábricas sul-africanas representa 26% do PIB.

No século XVI os basothos se estabeleciam na região da Transvaal (hoje África do Sul), em decorrência de conflitos com a etnia zulu.

Libéria

A Libéria, oficialmente República da Libéria, é uma república presidencialista localizada na África Ocidental. Faz fronteira ao norte com a Serra Leoa e Guiné, a leste com a Costa do Marfim e a sul e oeste com o Oceano Atlântico. Segundo o censo de 2008, a população do país é de habitantes, divididos em uma área de 111.369 quilômetros quadrados. A cidade de Monróvia é sua capital. A Libéria possui um clima quente equatorial, com chuvas intensas na estação chuvosa e ventos na estação seca. A vegetação é composta, na maior parte, por florestas de mangue, enquanto o interior é escassamente povoado de florestas, com predominância de pastagens secas.

A história da Libéria é única entre as nações africanas. É um dos dois únicos países da África Subsaariana, juntamente com a Etiópia, sem raízes na colonização europeia. Foi fundada e colonizada por escravos americanos libertos com a ajuda de uma organização privada chamada American Colonization Society, entre 1821 e 1822, na premissa de que os ex-escravos americanos teriam maior liberdade e igualdade nesta nova nação.

Líbia

O país tem fronteiras com o Egito a leste, com o Sudão a sudeste, com o Chade e o Níger ao sul e com a Argélia e a Tunísia ao oeste.

As três partes tradicionais do país são a Tripolitânia, a Fazânia e a Cirenaica.

Maurícia

(em inglês Mauritius, em francês Maurice, em crioulo mauriciano Moris), oficialmente República da Maurícia ou República de Maurício (em inglês Republic of Mauritius, em francês République de Maurice, em crioulo mauriciano Repiblik Moris), é um país insular do oceano Índico, a cerca de 2.000 km da costa sudeste do continente africano. O país inclui as ilhas de Maurício e Rodrigues, a 560 quilómetros a leste das Ilhas Maurício, e as ilhas exteriores (Agalega e as ilhas Cargados Carajos, conhecida oficialmente como Saint-Brandon). O país também reivindica o Arquipélago de Chagos, que faz parte do Território Britânico do Oceano Índico, e também reivindica a ilha de Tromelin, que faz parte das Terras Austrais e Antárticas Francesas. As ilhas de Maurício e Rodrigues fazem parte das Ilhas Mascarenhas, junto com a vizinha Reunião, um departamento ultramarino francês. A área do país é de 2.040 km². A capital e maior cidade é Port Louis. O país é membro da Commonwealth, da Francofonia e da União Africana.

Anteriormente uma colónia holandesa (1638–1710) e uma colónia francesa (1715–1810), as Maurícias tornaram-se uma possessão colonial britânica em 1810 e assim permaneceu até 1968, ano em que alcançou a independência. A colónia da Coroa Britânica de Maurício incluiu os territórios atuais das Ilhas Maurício, Rodrigues, as ilhas exteriores de Agalega, Saint-Brandon, Arquipélago de Chagos e Seychelles. Os territórios mauricianos gradualmente evoluíram com a criação de uma colônia separada de Seychelles em 1903 e a excisão do arquipélago de Chagos em 1965. A soberania sobre o arquipélago de Chagos é disputada entre Maurício e Reino Unido. O Reino Unido extirpou o arquipélago do território mauriciano em 1965, três anos antes da independência da Mauritânia. O Reino Unido gradualmente despovoou a população local do arquipélago e alugou a sua maior ilha, Diego Garcia, aos Estados Unidos. O acesso ao arquipélago é proibido a turistas ocasionais, os media e os seus antigos habitantes. As Maurícias também reivindicam a soberania sobre a ilha de Tromelin á França.

Namíbia

Namíbia, oficialmente República da Namíbia (Republic of Namibia; Republik Namibia) é um país da África Austral limitado a norte por Angola e Zâmbia, a leste pelo Botswana, a sul pela África do Sul e a oeste pelo Oceano Atlântico. Embora não faça fronteira com o Zimbabwe, menos de 200 metros da fronteira com a Zâmbia e Botswana separa-os em seus pontos mais próximos. O país ganhou a independência da África do Sul em 21 de março de 1990, após a Guerra de Independência da Namíbia. Sua capital e maior cidade é Windhoek. A Namíbia é um país membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), da União Africana (UA) e da Commonwealth.

O território da Namíbia foi habitado desde os tempos antigos pelos povos Khoisan, Damaras e Namaqua, com uma notável imigração de Bantos a partir do século XIV, no que ficou conhecido como Expansão Banta. A maior parte do território tornou-se um protetorado do Império Alemão em 1884, tendo permanecido como colônia alemã até o final da Primeira Guerra Mundial. Em 1920, a Liga das Nações transferiu sua administração para a África do Sul, que impôs suas leis ao novo território e, consequentemente, sua política de Apartheid a partir de 1948. O porto de Walvis Bay e as Ilhas do Pinguim, que haviam sido anexadas pela Colônia do Cabo sob a coroa britânica em 1878, tornaram-se parte integrante da nova União Sul-Africana em sua criação em 1910.

Nigéria

Nigéria, oficialmente República Federal da Nigéria (Federal Republic of Nigeria), é uma república constitucional federal que compreende 36 estados e o Território da Capital Federal. O país está localizado na África Ocidental e compartilha fronteiras terrestres com a República do Benim a oeste; com Chade e Camarões a leste e com o Níger ao norte. Sua costa encontra-se ao sul, no Golfo da Guiné, no Oceano Atlântico.

Por muito tempo a sede de inúmeros reinos e impérios, o Estado moderno da Nigéria tem suas origens na colonização britânica da região durante final do a início do XX, surgindo a partir da combinação de dois protetorados britânicos vizinhos: o Protetorado Sul e o Protetorado Norte da Nigéria. Os britânicos criaram estruturas administrativas e legais, mantendo as chefias tradicionais. O país tornou-se independente em 1960, mas mergulhou em uma guerra civil, vários anos depois. Desde então, alternaram-se no comando da nação governos civis democraticamente eleitos e ditaduras militares, sendo que apenas as eleições presidenciais de 2011 foram consideradas as primeiras a serem realizadas de maneira razoavelmente livre e justa.

Quénia

(em suaíli e inglês Kenya), oficialmente República do Quénia, é um país da África Oriental, limitado a norte pelo Sudão do Sul e pela Etiópia, a leste pela Somália e pelo oceano Índico, a sul pela Tanzânia e a oeste pelo Uganda. A capital e cidade mais populosa é Nairobi. O país situa-se na linha do equador. A área do Quênia abrange 581 309 km² e o país tem uma população de cerca de 45 milhões de habitantes, de acordo com estimativas para 2014. Seu nome origina-se do Monte Quênia, seu ponto geográfico mais elevado e a segunda montanha mais alta da África.

O país tem um clima quente e úmido ao longo de sua costa no Oceano Índico, com fauna rica em savana e gramados do interior para a capital. Nairóbi tem um clima frio que vai decrescendo ao ir se aproximando do Monte Quênia, que tem três picos permanentemente cobertos de neve. Mais para o interior, há um clima quente e úmido em torno do Lago Vitória, e áreas florestais e montanhosas de clima temperado na região oeste. As regiões do nordeste ao longo da fronteira com a Somália e Etiópia são regiões áridas e semiáridas com paisagens quase desérticas. O Lago Vitória, o segundo maior lago de água doce do mundo e maior lago tropical do mundo, situa-se a sudoeste do país e é compartilhado com a Uganda e Tanzânia. O Quênia é famoso por suas safáris e diversas reservas de vida selvagem e parques nacionais, como o Parque Nacional de Tsavo-Oeste, o Masai Mara, o Lago Nakuru e o Parque Nacional Aberdares. Existem vários sítios de patrimônio mundial como Lamu, e praias de renome mundial, tais como Kilifi, onde são realizadas competições de iatismo internacional a cada ano.

República Árabe Unida

A República Árabe Unida, RAU (em árabe:الجمهورية العربية المتحدة, al-Jumhūrīyah al-‘Arabīyah al-Muttaḥidah / al-Jumhūrīyah al-‘Arabīyah al-Muttaḥidah), foi um país que nasceu da união entre as repúblicas do Egito e da Síria, estabelecida em 1º de fevereiro de 1958, como um primeiro passo a caminho de uma "nação pan-árabe", com a união do Egito nasserista, da Síria e, durante um curto período, do Iêmen, a RAU aboliu a cidadania síria e egípcia, e seus habitantes passaram a ser chamados árabes, e o país era referido "território árabe", sendo a pátria árabe correspondente à área compreendida entre o golfo Pérsico e a costa do oceano Atlântico.

A RAU desapareceu em 1961, na sequência de um golpe de Estado, embora o Egito ainda continuasse usando essa denominação até 1971.

Ruanda

Ruanda, oficialmente ( Pronúncia inglesa : /ruːˈændə/ ou /rəˈwɑːndə/; pronúncia kinyarwanda : [ɾwanda] ou AFI : [ɾɡwanda]), é um país sem costa marítima localizado na região dos Grandes Lagos da África centro-oriental, fazendo fronteira com Uganda, Burundi, República Democrática do Congo e Tanzânia.

Ruanda recebeu uma atenção internacional considerável devido ao genocídio ocorrido em 1994, no qual cerca de 800 mil pessoas foram mortas. Desde então, o país viveu uma grande recuperação social e, hoje em dia, apresenta um modelo de desenvolvimento que é considerado exemplar para países em desenvolvimento. Em 2009, uma reportagem da rede de notícias CNN classificou Ruanda como tendo a história de maior sucesso do continente, tendo alcançado estabilidade, crescimento da economia (a renda média triplicou nos últimos dez anos) e integração internacional. Em 2007, a revista Fortune publicou um artigo intitulado "Why CEOs Love Rwanda" (Por que os CEOs amam Ruanda, em tradução livre). A capital, Kigali, é a primeira cidade africana a ser galardoada com o Habitat Scroll of Honor Award, em reconhecimento de sua "limpeza, segurança e conservação do modelo urbano." Em 2008, Ruanda tornou-se o primeiro país a eleger uma legislatura nacional na qual a maioria dos membros era mulheres. Ruanda aderiu à Commonwealth of Nations em 29 de novembro de 2009 como seu quinquagésimo quarto membro, fazendo do país um dos apenas três membros sem um passado colonial britânico.

Santa Helena

Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha é um território britânico ultramarino e um território ultramarino da União Europeia, sendo constituído pelas ilhas de Santa Helena, Ascensão, Gough (ou Gonçalo Álvares) e pelo grupo de Tristão da Cunha. Está localizado no centro do oceano Atlântico Sul, a meio caminho entre a América do Sul e a África. Até 1 de setembro de 2009, quando entrou em vigor uma nova constituição que deu igualdade de estatuto dentro do território entre as três ilhas, o território era conhecido por Santa Helena e Dependências, sendo informalmente chamado apenas Santa Helena.

O território é conhecido em todo o mundo por abrigar a estratégica Base Aérea da Ilha de Ascensão, além de ter sido o local do exílio de Napoleão Bonaparte, que esteve aprisionado na ilha de Santa Helena durante os seus últimos cinco anos de vida (de 1815 a 1821).

Serra Leoa

Serra Leoa, oficialmente República da Serra Leoa, é um país da África Ocidental. É delimitada pela Guiné a norte e nordeste, pela Libéria a sudeste, e pelo Oceano Atlântico a sudoeste. Abrange uma área total de e sua população em 2015 era estimada em 5.879.098 habitantes, de acordo com dados da CIA. O país tem um clima tropical, com um ambiente diversificado variando de savana para florestas tropicais. É uma república constitucional que compreende quatro províncias.

A capital da república é Freetown, sede do governo, principal centro econômico e maior cidade do país, com aproximadamente 1,2 milhão de habitantes. Além de Freetown, outras cidades notáveis são Bo, segunda cidade mais populosa, com habitantes, e Kenema, Koidu e Makeni. O país abriga a universidade mais antiga da África Ocidental, Fourah Bay College, fundada em 1827, além de possuir o terceiro maior porto natural do mundo.

Seychelles

As Seicheles ou Seychelles (em inglês e francês, Seychelles; em seichelense, Sesel), oficialmente República das Seicheles ou Seychelles, são um país insular localizado no Oceano Índico ocidental, constituído por 115 ilhas distribuídas entre vários arquipélagos localizados a norte e nordeste de Madagáscar. Fazem parte das Seicheles as Ilhas Seicheles propriamente ditas, as Ilhas Amirante, as ilhas Farquhar, as ilhas Aldabra e algumas outras ilhas dispersas. Além de Madagáscar, os seus vizinhos mais próximos são as Maurícias, a sudeste, as Comores e Mayotte, a sudoeste, e as Ilhas Gloriosas, a sul. A capital do país é Victoria. Juntamente com a Tunísia, Líbia, Botswana e as Maurícias, são os únicos países do continente africano com Índice de Desenvolvimento Humano considerado alto.

Embora mareantes austronésios ou mercadores árabes possam ter sido os primeiros a visitar as desabitadas Seychelles, o primeiro registro europeu conhecido do avistamento das ilhas ocorreu em 1502, pelo almirante português Vasco da Gama, que atravessou as Ilhas Amirante, nomeando-as em honra de si próprio (ilhas do Almirante). A primeira visita a terra registrada e a primeira descrição escrita do arquipélago deve-se à tripulação do East Indiaman inglês Ascension em 1609. Fazendo parte da rota comercial entre a África e a Ásia, as ilhas eram ocasionalmente utilizadas por piratas até os franceses iniciarem o controlo do arquipélago em 1756, quando a Pedra da Possessão foi colocada pelo Capitão Nicholas Morphey. As ilhas foram nomeadas em honra de Jean Moreau de Séchelles, Ministro das Finanças de Luís XV.

Somália

Somália (em somali: Soomaaliya; الصومال, transl. ), oficialmente República Federal da Somália (em somali: Jamhuuriyadda Federaalka Soomaaliya; جمهورية الصومال الفدرالية, transl. ) e anteriormente conhecida como República Somaliana e como República Democrática da Somália, é um país localizado no Chife da África. Faz fronteira com o Djibuti no noroeste, Quênia no sudoeste, o Golfo de Aden com o Iémen a norte, o Oceano Índico a leste e com a Etiópia no oeste.

Na Antiguidade, a Somália foi um importante centro de comércio com o resto do mundo antigo. Seus marinheiros e mercadores eram os principais fornecedores de incenso, mirra e especiarias, os itens que foram considerados luxos valiosos para os antigos egípcios, fenícios, micênicos e babilônios com quem o povo Somali negociava. De acordo com a maioria dos estudiosos, a Somália é também o local onde o antigo Reino de Punt estava localizado. Os antigos Punties eram uma nação de pessoas que tinham relações estreitas com o Egito faraônico durante os tempos do faraó Sahure e da rainha Hatchepsut. As estruturas piramidais, templos e casas antigas de alvenaria em torno da Somália acredita-se que datam deste período. Na época clássica, várias antigas cidades-estado como Opone, Mosyllon e Malao, competiam com os sabeus, partos e axumitas pelo rico comércio indo-greco-romano que também floresceu na Somália.

Suazilândia

A Suazilândia (em suázi Swatini), oficialmente o Reino da Suazilândia (em inglês Kingdom of Swaziland; em suázi Umbuso weSwatini) é um pequeno país da África Austral, limitado a leste por Moçambique e em todas as outras direcções pela África do Sul. Suas capitais são Mbabane (administrativa) e Lobamba (legislativa).

Esse pequeno e montanhoso país do sul da África, sem saída para o mar, é uma das poucas monarquias remanescentes no continente. Em seu território predominam os planaltos cobertos por savanas e pastagens. A sociedade, patriarcal e formada por clãs, admite a poligamia. A economia se baseia na agropecuária, mas o país não é autossuficiente na produção de alimentos. A Suazilândia exporta cana-de-açúcar e abriga importantes reservas de carvão mineral. A saúde pública enfrenta uma catástrofe: um terço da população adulta é portadora do vírus da AIDS, a mais alta taxa de contaminação do mundo.

Sudão

O Sudão, oficialmente República do Sudão (em árabe: جمهورية السودان, transl.: Jumhūriyyat as-Sūdān; em inglês: Republic of the Sudan), é um país africano, limitado a norte pelo Egito, a leste pelo Mar Vermelho, por onde faz fronteira com a Arábia Saudita, pela Eritreia e pela Etiópia, a sul pelo Sudão do Sul e a oeste pela República Centro-Africana, Chade e Líbia. O Rio Nilo divide o país em duas metades: a oriental e a ocidental. Sua religião predominante é o islamismo. Quase um quinto da população do Sudão vive abaixo da linha internacional de pobreza, vivendo com menos de U$ 1,25 por dia.

Até 2011, o Sudão era o maior país da África e do Mundo árabe, quando o Sudão do Sul se separou em um país independente, após um referendo sobre a independência. O Sudão é hoje o terceiro maior país da África (após a Argélia e a República Democrática do Congo) e também o terceiro maior país do mundo árabe (depois da Argélia e Arábia Saudita). Sua área consiste em 1.886.068 km².

Sudão do Sul

Sudão do Sul (South Sudan) ou Sudão Meridional, oficialmente República do Sudão do Sul (Republic of South Sudan) é um país encravado localizado no nordeste da África. Tem esse nome devido à localização geográfica, ao sul do Sudão.

O que é hoje o Sudão do Sul era parte do Sudão Anglo-Egípcio e tornou-se parte da República do Sudão, quando ocorreu a independência deste em 1956. Após a Primeira Guerra Civil Sudanesa, o sul do Sudão tornou-se uma região autônoma em 1972. Esta autonomia durou até 1983. A Segunda Guerra Civil Sudanesa desenvolvida anos depois, resultou novamente na autonomia da região, através do Tratado de Naivasha, assinado em 9 de janeiro de 2005 no Quênia, com o Exército Popular de Libertação do Sudão (SPLA/M). Em 9 de julho de 2011, o Sudão do Sul tornou-se um estado independente. Em 14 de julho de 2011, o Sudão do Sul tornou-se um Estado-membro das Nações Unidas (ONU). O país entrou para a União Africana em 28 de julho de 2011.

Tanzânia

A Tanzânia ou Tanzania (em suaíli, Tanzania), oficialmente República Unida da Tanzânia (em suaíli, Jamhuri ya Muungano wa Tanzania) é um país da África Oriental, limitado a norte pelo Uganda e pelo Quénia, a leste pelo Oceano Índico, a sul por Moçambique, pelo Malaui e pela Zâmbia, e a oeste pelo Burúndi, por Ruanda e pela República Democrática do Congo (fronteira exclusivamente lacustre, através do lago Tanganica). Ademais de sua parte continental, a Tanzânia inclui o arquipélago de Zanzibar, no Oceano Índico.

A República Unida da Tanzânia é um estado unitário composto por 26 regiões. O atual chefe de estado é o presidente Jakaya Kikwete, eleito em 2005. A capital é Dodoma, sede oficial do governo e do parlamento. Entre a independência e 1996, Dar es Salaam, a maior cidade do país, foi a capital, e continua sendo a principal cidade e o local de facto da maioria das instituições governamentais.

Uganda

Uganda, oficialmente, é um país sem ligação com o mar no leste da África. Faz fronteira a leste com o Quénia, a norte com o Sudão do Sul, a oeste com a República Democrática do Congo, a sudoeste com Ruanda e a sul com a Tanzânia. Uganda é o segundo país sem litoral mais populoso no continente africano. A parte sul do país inclui uma parcela substancial do Lago Vitória, compartilhado com o Quênia e Tanzânia, situando o país na região dos Grandes Lagos Africanos. Uganda também se encontra dentro da bacia do Nilo e tem um clima variado, mas geralmente clima de savana.

O nome Uganda deriva do reino do Buganda, que ainda hoje é considerado administrativamente como uma entidade semiautónoma, compreendendo toda a região central do país, incluindo a capital, Kampala. Os túmulos dos Reis do Buganda em Kasubi (uma colina em Kampala) são considerados património da humanidade. Os primeiros habitantes da região eram caçadores-coletores até 1.700 a 2.300 anos atrás, quando populações de língua bantas migraram para as regiões do sul do país.

Zâmbia

A Zâmbia (Zambia ), oficialmente conhecida como República da Zâmbia, é um país sem costa marítima da África austral. É limitada a norte pela República Democrática do Congo e pela Tanzânia, a leste pelo Malawi, a sul por Moçambique, pelo Zimbábue e pela Namíbia, e a oeste por Angola. Sua capital é Lusaka, localizada no sudeste do país.

Em 24 de outubro de 1964, a Zâmbia tornou-se independente do Reino Unido e o primeiro-ministro Kenneth Kaunda se tornou seu primeiro presidente. O partido de Kaunda, Partido Unido para a Independência Nacional (UNIP), manteve o poder de 1964 até 1991. Entre 1972 e 1991, o país era um Estado de partido único, com o UNIP sendo reconhecido como o único partido político legal. Kenneth Kaunda foi sucedido por Frederick Chiluba, do Movimento para a Democracia Multipartidária, iniciando um período de crescimento econômico-social e descentralização do governo. Levy Mwanawasa, sucessor de Chiluba, presidiu a Zâmbia de 2002 até sua morte em agosto 2008, e é creditado por suas campanhas para reduzir a corrupção e aumentar o nível de vida. Após a morte de Mwanawasa, Rupiah Banda presidiu como presidente interino antes de ser eleito presidente em 2008. Rupiah Banda deixou o cargo depois de sua derrota nas eleições de 2011, pelo líder da Frente Patriótica, Michael Sata, que morreu em 28 de outubro de 2014, o segundo presidente da Zâmbia a falecer no cargo. Guy Scott serviu brevemente como presidente interino até que novas eleições foram realizadas em 20 de janeiro de 2015, onde Edgar Lungu foi eleito como o sexto presidente do país, desde sua independência.

África do Sul

África do Sul, oficialmente República da África do Sul, é um país localizado no extremo sul da África, entre os oceanos Atlântico e Índico, com quilômetros de litoral. É limitado pela Namíbia, Botsuana e Zimbábue ao norte; Moçambique e Suazilândia a leste; e com o Lesoto, um enclave totalmente rodeado pelo território sul-africano. O país é conhecido por sua biodiversidade e pela grande variedade de culturas, idiomas e crenças religiosas. A Constituição reconhece 11 línguas oficiais. Duas dessas línguas são de origem europeia: o africâner, uma língua que se originou principalmente a partir do neerlandês e que é falado pela maioria dos brancos e mestiços sul-africanos, e o inglês sul-africano, que é a língua mais falada na vida pública oficial e comercial, mas é apenas o quinto idioma mais falado em casa.

Considerado uma economia de renda média alta pelo Banco Mundial, o país é considerado um mercado emergente. A economia sul-africana é a segunda maior do continente (atrás apenas da Nigéria) e a 25ª maior do mundo (PPC). Multiétnico, o país possui as maiores comunidades de europeus, indianos e mestiços da África. Apesar de 70% da população sul-africana ser composta por negros, este grupo é bastante diversificado e abrange várias etnias que falam línguas bantas, um dos idiomas que têm estatuto oficial. No entanto, cerca de um quarto da população está desempregada e vive com menos de 1,25 dólar por dia.

Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul

As Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul, Ilhas Geórgia do Sul e Sanduíche do Sul ou, no Brasil, Ilhas Geórgias do Sul e Sandwich do Sul (em inglês: South Georgia and the South Sandwich Islands) são um território ultramarino britânico no Oceano Atlântico Sul. É uma coleção remota e inóspita de ilhas, que consiste em Geórgia do Sul e uma cadeia de ilhas menores conhecidas como Ilhas Sandwich do Sul. A Geórgia do Sul tem 165 quilômetros de extensão e 1 a 35 km (1 a 22 milhas) de largura e é, de longe, a maior ilha do território. As Ilhas Sandwich do Sul situam-se a cerca de 700 quilômetros (430 mi) a sudeste da Geórgia do Sul. A área total do território é de 3.903 quilômetros quadrados (1,507 milhas quadradas).

Não existe uma população permanente nas ilhas. Os habitantes atuais são o oficial do governo britânico, o vice-diretor de posto, os cientistas e a equipe de apoio do British Antarctic Survey que mantêm bases científicas na Bird Island e na capital, King Edward Point, bem como a equipe do museu em Grytviken nas proximidades.

Bahrein

Bahrein, Barém, Barein ou Bareine (‏البحرين ) é um pequeno país insular do Golfo Pérsico, com fronteiras marítimas com o Irão a nordeste, com o Catar a leste e com a Arábia Saudita a sudoeste. A sua capital é Manama. Os desertos, com sua esterilidade, cobrem mais de trinta ilhas componentes desse país árabe. É, com 780km², a terceira menor nação na Ásia, após as Ilhas Maldivas e Singapura.

Na região do Golfo Pérsico, onde se situa o país, há muito se praticam atividades econômicas muito importantes, como o comércio e as comunicações. Mas, a continuidade do subdesenvolvimento do país perdurou até ser descoberto o petróleo, em 1932, na ilha mais importante, que em árabe também se chama "Bahrayn". Hoje em dia, o país tem um dos melhores índices de Desenvolvimento Humano da região do Golfo.

Bangladesh

Bangladesh, também conhecido como Bangladexe ou Bangladeche (etimologicamente: Nação Bengali) e oficialmente República Popular do Bangladesh, é um país asiático, rodeado quase por inteiro pela Índia, excepto a sudeste, onde tem uma pequena fronteira terrestre com Myanmar, e ao sul, onde tem litoral no Golfo de Bengala. O país está listado entre as economias do grupo "Próximos Onze". A capital do país é Daca. O nordeste da Índia tem fronteiras com o Bangladesh em três lados. Muitos dos aspectos físicos e culturais do Bangladesh são partilhados com Bengala Ocidental, um estado da Índia vizinho ao Bangladesh. Na verdade, o Bangladesh e Bengala Ocidental formam uma região da Ásia conhecida como Bengala. O Bangladesh era antigamente conhecido pelo nome de Bengala Oriental. O atual nome Bangladesh significa "nação bengali" ou "nação de Bengala". Existe vida vegetal em abundância no clima quente e úmido da região. A maior parte do país é composta por planícies baixas, fertilizadas pelas enchentes dos rios e cursos d'água que as cruzam. Os rios, durante a época das cheias, depositam solo fértil ao longo de suas margens. Mas muitas dessas enchentes também causam grande destruição nos vilarejos rurais.

O Bangladesh é o oitavo país do mundo em número de habitantes, com cerca de 150 milhões de habitantes em 2012. O rápido crescimento populacional do país trouxe um sério problema de superpopulação. O território do país é um pouco maior do que o estado brasileiro do Amapá, mas o número de habitantes é, aproximadamente, 220 vezes maior. Os habitantes locais são chamados bengaleses ou bengalis.

Brunei

O Brunei, oficialmente Estado de Brunei Darussalam ou Darussalã (Malaio: Negara Brunei Darussalam, Jawi: نڬارا بروني دارالسلام), é um estado soberano localizado na costa norte da ilha de Bornéu, no Sudeste Asiático. Além de seu litoral com o mar da China Meridional, é completamente cercado pelo estado de Sarawak, na Malásia, e é dividido em duas partes pelo distrito de Sarawak, Limbang. É o único estado soberano completamente na ilha de Bornéu, com o restante da ilha, formando partes da Malásia e Indonésia. A população de Brunei era estimada em 416.000 em julho de 2013.

As reivindicações oficiais da história nacional do Brunei podem traçar suas origens ao, quando era um estado sujeito chamado P'o-li, na Sumatra, centro do Império Serivijaia. Ele mais tarde se tornou um Estado vassalo de Java, centro do império Majapait. Brunei se tornou um sultanato, no, sob o recém-convertido sultão islâmico Xá Maomé.

Coreia do Sul

Coreia do Sul, oficialmente República da Coreia (também conhecida somente como Coreia), é um país da Ásia Oriental, localizado na parte sul da Península da Coreia. Sua única fronteira terrestre é com a Coreia do Norte, com a qual formou apenas um país até 1945. Faz fronteira a leste com o Mar do Japão, a sul com o Estreito da Coreia, que o separa do Japão, e a oeste com o Mar Amarelo. Seu território compreende a metade sul da península coreana, englobando cerca de três mil ilhas que a rodeiam, dentre as quais se destacam Jeju, Ulleungdo e os Rochedos de Liancourt. A capital e maior cidade do país é Seul, cuja área metropolitana é a segunda mais populosa do mundo (atrás apenas da área metropolitana de Tóquio, no Japão).

A Coreia é uma das civilizações mais antigas do mundo. Investigadores arqueológicos afirmam que a península foi ocupada desde o Paleolítico Inferior. Através do tempo, a história da Coreia tem sido turbulenta com numerosas guerras, incluindo invasões tanto chinesas quanto japonesas. Desde o estabelecimento da república moderna em 1948, a Coreia do Sul debateu-se com sequelas de conflitos bélicos, como a Guerra da Coreia (1950-1953), e décadas de governos autoritários. Apesar de ser oficialmente uma democracia de estilo ocidental desde a fundação da república, as eleições presidenciais sofreram grandes irregularidades que só terminaram em 1987, quando ocorreram as primeiras eleições diretas e o país passou a ser considerado como uma democracia multipartidária.

Emirados Árabes Unidos

Os Emirados Árabes Unidos (abreviado como EAU; دولة الإمارات العربية المتحدة, ) são um país árabe localizado no Golfo Pérsico.

Formados por uma confederação de monarquias árabes, cada uma detendo sua soberania, chamadas emirados (equivalentes a principados), os Emirados Árabes Unidos estão situados no sudeste da Península Arábica e fazem fronteira com Omã e com a Arábia Saudita. Os sete emirados são Abu Dhabi, Dubai, Xarja, Ajmã, Umm al-Quwain, Ras al-Khaimah e Fujeira. A capital e a segunda maior cidade dos Emirados Árabes Unidos é Abu Dhabi. A cidade também é o centro de atividades políticas, industriais e culturais.

Filipinas

Filipinas (em filipino: Pilipinas, ; Philippines, ), oficialmente República das Filipinas (em filipino: Repúbliká ng̃ Pilipinas; em inglês: Republic of the Philippines), são um vasto arquipélago da Insulíndia delimitado pelo Mar das Filipinas a leste, Mar de Celebes e Mar de Sulu a sul e Mar da China Meridional a oeste. O Estreito de Luzon, a norte, separa as Filipinas de Taiwan, o Estreito de Balabac, a sudoeste, é uma das fronteiras marítimas com a Malásia, e há também fronteira marítima com a Indonésia, a sul, através do Mar de Celebes, e com o Vietnã, através do Mar da China Meridional. Também Palau se situa nas imediações, para sudeste. A sua capital é Manila, enquanto sua cidade mais populosa é Cidade Quezon, ambas fazendo parte da Grande Manila. O país é composto por 7 641 ilhas, que são categorizadas amplamente em três principais divisões geográficas: Luzon, Visayas e Mindanau. A sua localização, no Círculo de fogo do Pacífico, próximo da Linha do equador, faz as Filipinas propensas a terremotos e tufões, mas também dota-as com recursos naturais abundantes, colocando-as entre os países megadiversos. Com aproximadamente 300 000 quilômetros quadrados, as Filipinas são o 72º maior país do mundo.

Com uma população de mais de 100 milhões de habitantes, as Filipinas são o sétimo país mais populoso da Ásia e o 12º mais populoso do mundo. Um adicional de 12 milhões de filipinos vivem no exterior, o que representa uma das maiores diásporas do mundo. Várias etnias e culturas se encontram em todo o arquipélago. Em tempos pré-históricos, os negritos foram alguns dos primeiros habitantes do arquipélago. Eles foram seguidos por ondas sucessivas de povos austronésios. Vários reinos e nações foram estabelecidos no território, governados por datus, rajás, sultões ou lakans. O comércio com a China, com povos malaios, indianos e islâmicos também passou a ocorrer.

Hong Kong

Hong Kong (romanização do mandarim pinyin: Xiānggǎng, romanização do mandarim Wade-Giles: Hsiang1-kang3, ; romanização do cantonês jyutping: Hoeng1gong2, romanização do cantonês Yale: Hēunggóng, ; em Hacá: Hiong1-gong3; Hong Kong, ), é uma das duas regiões administrativas especiais (RAE) da República Popular da China (RPC), sendo a outra Macau, situada na costa sul da China e delimitada pelo delta do Rio das Pérolas e pelo Mar da China Meridional. É conhecida por seu horizonte repleto de arranha-céus e por seu profundo porto natural. Com uma área de e uma população de sete milhões de pessoas, Hong Kong é uma das áreas mais densamente povoadas do mundo. A população da cidade é composta por 95% de pessoas de etnia chinesa e 5% de outros grupos étnicos. A maioria chinesa Han da cidade é originária, principalmente, das cidades de Guangzhou e Taishan, na vizinha província de Guangdong.

Hong Kong tornou-se uma colônia do Império Britânico após a Primeira Guerra do Ópio (1839-1842). Originalmente confinada à Ilha de Hong Kong, as fronteiras da colônia foram estendidas em etapas para a Península de Kowloon em 1860 e, em seguida, para os Novos Territórios, em 1898. Foi ocupada pelo Império do Japão durante a Guerra do Pacífico, após a qual o controle britânico foi retomado até 1997, quando a China reassumiu a soberania da cidade. Durante a era colonial, a região adotou a mínima intervenção do governo sob o ethos do não intervencionismo positivo. A era colonial teve grande influência na atual cultura de Hong Kong, muitas vezes descrita como o lugar onde o "Oriente encontra o Ocidente", e no seu sistema educacional, que costumava seguir o sistema do Reino Unido até que reformas foram implementadas em 2009.

Ilha Christmas

A Ilha Christmas ou Ilha do Natal, de nome oficial Território da Ilha Christmas ou da Ilha do Natal, é um dos territórios externos da Austrália.

A capital desta pequena ilha, que possui cerca de 135 quilômetros quadrados, é Flying Fish Cove, conhecida como The Settlement. Tem cerca de habitantes (2007).

Ilhas Cocos

As Ilhas Cocos ou dos Cocos, ou Ilhas Keeling (conhecidas oficialmente como Ilhas Cocos (Keeling); em inglês: Cocos (Keeling) Islands, são um dos territórios da Austrália, com cerca de 630 habitantes (2005). Este arquipélago australiano de 14 km², tem 27 ilhas, mas apenas Home Island e West Island (a capital) são habitadas.

Situadas no Oceano Índico, a noroeste da Austrália, é uma das maiores ilhas inabitadas do mundo e é coberta por uma floresta tropical úmida. Muitos pássaros, rica vegetação e uma variedade de vida marinha, a ilha também possui terreno acidentado e várias quedas d’água. Abaixo, a ilha mostrada em selos costarriquenhos (Scott: 178 e 169).ficam a cerca de 580 milhas a sudoeste de Java. Formam dois atóis de coral densamente recobertos por coqueiros.

Indonésia

Indonésia, oficialmente República da Indonésia , é um país localizado entre o Sudeste Asiático e a Austrália, sendo o maior arquipélago do mundo, composto pelas Ilhas de Sonda, a metade ocidental da Nova Guiné e compreendendo no total ilhas. Por ser um arquipélago, tem fronteiras terrestres com Malásia (na ilha de Bornéu), Timor-Leste (na ilha do Timor) e Papua-Nova Guiné (na Nova Guiné); e marítimas com as Filipinas, Malásia, Singapura, Palau, Austrália e com o estado indiano de Andamão e Nicobar. A localização entre dois continentes — Ásia e Oceania — faz da Indonésia uma nação transcontinental. O país é uma república, com poder legislativo e presidente eleitos por sufrágio universal, sendo sua capital a cidade de Jacarta, com uma população de cerca de 10 milhões de pessoas. É um dos membros fundadores da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) e membro do G20. A economia indonésia é a décima oitava maior economia do mundo e décima quinta maior em paridade do poder de compra.

O arquipélago indonésio tem sido uma região de grande importância para o comércio desde os séculos VI e VII, quando Serivijaia começou a comercializar com a China e com a Índia. Apesar de sua grande população e regiões densamente povoadas, a Indonésia tem vastas áreas desabitadas e é um dos países mais biodiversos do mundo. Desde os primeiros séculos da era cristã, governantes locais gradativamente absorveram modelos culturais, políticos e religiosos estrangeiros, enquanto reinos hindus e budistas floresceram.

Israel

Israel (, ; إِسْرَائِيلُ, ), oficialmente Estado de Israel (undefined, transl Medīnát Isra'él, ; دولة إسرائيل,, ), é uma democracia parlamentar localizada no Oriente Médio, ao longo da costa oriental do Mar Mediterrâneo. O país faz fronteira com o Líbano ao norte, com a Síria a nordeste, com a Jordânia e a Cisjordânia a leste, com o Egito e a Faixa de Gaza ao sudoeste, e com o Golfo de Aqaba, no Mar Vermelho, ao sul. Geograficamente, contém diversas características dentro de seu território relativamente pequeno. Israel é definido como um "Estado Judeu e Democrático" em suas Leis Básicas e é o único Estado de maioria judia do mundo.

Após a adoção de uma resolução pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 29 de novembro de 1947, recomendando a adesão e implementação do Plano de Partilha da Palestina para substituir o Mandato Britânico, em 14 de maio de 1948, David Ben-Gurion, o chefe-executivo da Organização Sionista Mundial e presidente da Agência Judaica para a Palestina, declarou o estabelecimento de um Estado Judeu em Eretz Israel, a ser conhecido como o Estado de Israel, uma entidade independente do controle britânico. As nações árabes vizinhas invadiram o recém-criado país no dia seguinte, em apoio aos árabes palestinos. Israel, desde então, travou várias guerras com os Estados árabes circundantes, no decurso das quais ocupou os territórios da Cisjordânia, península do Sinai, Faixa de Gaza e colinas de Golã. Partes dessas áreas ocupadas, incluindo Jerusalém Oriental, foram anexadas por Israel, mas a fronteira com a vizinha Cisjordânia ainda não foi definida de forma permanente. Israel assinou tratados de paz com Egito e Jordânia, porém os esforços para solucionar o conflito israelo-palestino até agora não resultaram em paz.

Jordânia

Jordânia, oficialmente o Reino Haxemita da Jordânia , é um país do Sudoeste Asiático localizado na margem leste do rio Jordão. Faz fronteira com a Arábia Saudita ao leste e sul, Iraque ao nordeste, Síria ao norte, Israel e Palestina ao oeste e o mar Vermelho ao extremo sul. A Jordânia está estrategicamente localizada no cruzamento da Ásia, África e Europa. Sua capital e cidade mais populosa é Amã, que também é o centro econômico e cultural do país.

A área da Jordânia atual é habitada por humanos desde o período Paleolítico. Três reinos estáveis surgiram ao final da Idade do Bronze: Amom, Moabe e Edom. Governantes posteriores incluíram o Reino Nabateu, o Império Romano e o Império Otomano. A partilha do Império Otomano ocorreu depois da Revolta Árabe durante a Primeira Guerra Mundial. O Emirado da Transjordânia foi estabelecido em 1921 pelo então emir Abdulá I e tornou-se um protetorado do Reino Unido. A Jordânia virou um estado independente em 1946 oficialmente conhecido como o Reino Haxemita da Transjordânia. O país conquistou a Cisjordânia na Guerra Árabe-Israelense de 1948 e o nome do estado foi alterado para Reino Haxemita da Jordânia no ano seguinte. A Jordânia foi um membro fundador da Liga Árabe e da Organização para a Cooperação Islâmica, além de um de apenas dois países a terem assinado um acordo de paz com Israel. Seu governo é uma monarquia constitucional, porém o rei mantém amplos poderes executivos e legislativos.

Kuwait

Kuwait, oficialmente Estado do Kuwait (دولة الكويت, Dawlat al-Kuwayt), é um emirado árabe soberano situado no nordeste da península Arábica na Ásia Ocidental. Faz fronteira com a Arábia Saudita ao sul e ao norte com o Iraque. Encontra-se na costa noroeste do Golfo Pérsico. O nome Kuwait é derivada do árabe "akwat", o plural de "Kout", que significa "fortaleza construída perto da água". O emirado tem uma área de e tem uma população de cerca de 2,7 milhões de habitantes.

Historicamente, a região era conhecida como Caracena, um grande porto parta para o comércio entre a Índia e a Mesopotâmia. A tribo Bani Utbah foram os primeiros colonos árabes permanentes na região e estabeleceram as bases modernas do emirado. No, o Kuwait estava sob a influência do Império Otomano e depois da Primeira Guerra Mundial, ele emergiu como um xecado independente sob a proteção do Império Britânico. Grandes campos de petróleo no Kuwait foram descobertos na década de 1930.

Laos

Laos ou Laus, oficialmente República Democrática Popular do Laos (em laosiano: ສາທາລະນະລັດ ປະຊາທິປະໄຕ ປະຊາຊົນລາວ, translit.: Sathalanalat Paxathipatai Paxaxon Lao, ), é um país asiático, localizado na Indochina e limitado a norte pela China, a leste pelo Vietname, a sul pelo Camboja, a sul e oeste pela Tailândia e a noroeste por Myanmar. Sua população foi estimada em 6,5 milhões de habitantes em 2012.

A história do Laos é traçada desde o reino de Lan Xang, que existiu do século XIV ao XVIII, quando era dividida em três reinos separados. Em 1893, formou-se um protetorado francês na região, constituído pelos reinos de Luang Phrabang, Vientiane (Vienciana, em português europeu) e Champasak, unindo-se para formar o que hoje é conhecido como Laos. Ele rapidamente ganhou a independência em 1945, após a ocupação japonesa, mas retornou ao domínio francês até que foi concedida sua autonomia em 1949. Laos se tornou independente de facto em 1953, com uma monarquia constitucional governada por Sisavang Vong. Logo após a independência, uma longa guerra civil no país culminou com o fim da monarquia, quando o movimento comunista Pathet Lao chegou ao poder em 1975.

Líbano

Líbano (, ;, ; em aramaico: לבנאנ), oficialmente República do Líbano (em árabe: اَلْجُمْهُورِيَّة اَللُّبْنَانِيَّة Al-Jumhūrīyah Al-Loubnānīyah, ), é um país localizado na extremidade leste do mar Mediterrâneo, na Ásia Ocidental, numa região que faz ligação entre esse continente e a Europa. Faz fronteira com a Síria ao norte e a leste e com Israel ao sul e a oeste com Chipre pelo mar Mediterrâneo. No cruzamento da bacia do Mediterrâneo, o Líbano é uma das regiões de antigas civilizações, como fenícios, assírios, persas, gregos, bizantinos e turcos otomanos, sendo que sua rica história formou a identidade cultural única em diversidade étnica e religiosa do país.

Os primeiros indícios de civilização no Líbano remontam há mais de anos de história registrada. O Líbano foi o local de origem dos fenícios, uma cultura marítima que floresceu durante quase anos . Após o colapso do Império Otomano após a Primeira Guerra Mundial, as cinco províncias que compõem o Líbano moderno ficaram sob mandato da França. O Líbano estabeleceu um sistema político único em 1942, conhecido como confessionalismo, um mecanismo de partilha de poder com base em comunidades religiosas. Foi criado quando os franceses expandiram as fronteiras do monte Líbano, que era maioritariamente habitado por católicos maronitas e drusos, para incluir mais muçulmanos. O país ganhou a independência em 1943, e as tropas francesas se retiraram em 1946.

Maldivas

A República das Maldivas (ދިވެހިރާއްޖޭގެ ޖުމްހޫރިއްޔާ, transl. Dhivehi Raajjeyge Jumhooriyya) é um pequeno país insular situado no Oceano Índico ao sudoeste do Sri Lanka e da Índia, ao sul do continente asiático, constituído por 1.196 ilhas, das quais 203 são habitadas, localizadas a cerca de 450 km ao sul da península do Decão. A sua única fronteira real é com o território indiano das Laquedivas, a norte, mas são também os vizinhos mais próximos do Território Britânico do Oceano Índico, um conjunto de ilhas localizadas ao sul das Maldivas.

Estão agrupadas em 26 atóis, cada um possuindo o nome de uma ou duas letras da escrita thaana. Seu nome seria derivado de maldwipa, no idioma malabar, onde mal significa "mil" e dwipa, "ilhas", ou do sânscrito Malaya(vara)dwipa, "ilhas de Malabar".

Malásia

Malásia (em inglês e malaio: Malaysia) é um país do Sudeste Asiático que compreende dois territórios distintos: a parte sul da península Malaia e ilhas adjacentes, e uma seção do norte da ilha de Bornéu. A península da Malásia confina a norte com a Tailândia, a leste com o mar da China Meridional, e a sul e a oeste com o estreito de Malaca, fazendo fronteiras marítimas com a Indonésia, a leste, sul e oeste, com Singapura a sul e com o Vietname a nordeste. A Malásia Insular limita a oeste e a norte com o mar da China Meridional, a norte com o Brunei, a leste com o mar de Sulu e a sul com a Indonésia, fazendo fronteira marítima com as Filipinas a norte e a leste. A capital do país é Kuala Lumpur, sendo Putrajaia a sede do governo federal.

A nação tem suas origens no reino malaio presente na área, que, a partir do, tornou-se sujeito ao Império Britânico. Os primeiros territórios britânicos eram conhecidos como os Estabelecimentos dos Estreitos, cuja criação foi seguida pelos reinos malaios se tornando protetorados britânicos. Os territórios na península da Malásia foram unificados pela primeira vez como a União Malaia em 1946, sendo reestruturada como a Federação Malaia em 1948, e alcançando a independência em 31 de agosto de 1957. A federação uniu-se com o Norte de Bornéu, Sarawak e Singapura em 16 de setembro de 1963, para dar ao novo país o nome de Malásia. Menos de dois anos depois, em 1965, Singapura foi expulsa da federação.

Nepal

Nepal (em nepalês: नेपाल ), oficialmente República Democrática Federal do Nepal, é um país asiático da região dos Himalaias. É limitado a norte pelo Tibete, região autónoma da China e a leste, sul e oeste pela Índia. É um país sem costa marítima. A sua capital é Catmandu. No país, se situa o Monte Everest, o ponto mais alto da terra, com, na fronteira norte com a China (Tibete). As principais cidades desta nação são, além da capital, a cidade-lago de Pokhara e Lumbini, onde nasceu Sidarta Gautama, o Buda. Têm grande importância para o turismo, sendo reconhecidas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura devido ao valor histórico e por lá se encontrar um grande acervo monumental.

É um país pobre, situado na encosta da cordilheira do Himalaia, no centro da Ásia. Tem uma das maiores densidades demográficas do continente, com 184 habitantes por quilômetro quadrado. A população nepalesa é composta de 12 etnias, que convivem harmoniosamente. A agricultura emprega 90% da mão de obra, tornando o país grande fornecedor de arroz para a região. Em vez de construção de estradas, conter a erosão do solo há séculos tem sido a principal ocupação dos governantes, sendo que o sistema de terraços usados na irrigação do arroz é um desafio aos meios usados no ocidente para conter o mesmo tipo de erosão.

Omã

Omã (عمان), ou, mais raramente, Omão, oficialmente Sultanato de Omã, é um país árabe na costa sudeste da Península Arábica. Com uma posição de importância estratégica na foz do Golfo Pérsico, o país faz fronteira com os Emirados Árabes Unidos a noroeste, Arábia Saudita a oeste, e Iémen ao sul e sudoeste, e compartilha fronteiras marítimas com o Irão e Paquistão. A costa é formada pelo Mar da Arábia, no sudeste, e pelo Golfo de Omã no nordeste. Os enclaves de Mada e Moçandão estão rodeados pelos Emirados Árabes em suas fronteiras terrestres, com o Estreito de Ormuz (que partilha com o Irã) e o Golfo de Omã formando os limites costeiros de Moçandão.

A partir do final do, o Sultanato de Omã foi um poderoso império, competindo com Portugal e Grã-Bretanha pela influência no Golfo Pérsico e no Oceano Índico. Em seu auge, no, a influência e controle de Omã se estendia através do Estreito de Ormuz aos atuais Irão e Paquistão, e até o sul de Zanzibar (hoje parte da Tanzânia, também sua antiga capital). Como o seu poder declinou no, o sultanato ficou sob a influência do Reino Unido. Historicamente, Mascate foi o principal porto comercial da região do Golfo Pérsico. Mascate também esteve entre os portos comerciais mais importantes do Oceano Índico. A religião oficial de Omã é o Islã.

Paquistão

Paquistão (پاکستان;, ), oficialmente República Islâmica do Paquistão (اسلامی جمہوریۂ پاكستان; , ), é um país soberano do Sul da Ásia. Com uma população superior a 200 milhões de pessoas, é o sexto país mais populoso do mundo e, com uma área de 796.095 quilômetros quadrados, é a 36ª maior nação do planeta em área territorial. O Paquistão tem um litoral com 1046 km de extensão ao longo do Mar da Arábia e do Golfo de Omã. O país asiático faz fronteira com a Índia a leste, com o Afeganistão a oeste e norte, com o Irã a sudoeste e com a República Popular da China no extremo nordeste. O Paquistão não tem fronteira com o Tajiquistão pois estão separados pelo estreito Corredor de Wakhan, pertencente ao Afeganistão, no norte. Também compartilha uma fronteira marítima com Omã.

O território que hoje constitui o Paquistão moderno foi o lar de várias culturas antigas, como a Mergar durante o Neolítico, da Civilização do Vale do Indo durante a Idade do Bronze e, posteriormente, foi a sede de reinos governados por pessoas de diferentes credos e culturas, como hindus, indo-gregos, muçulmanos, turco-mongóis, afegãos e siques. A região foi governada por vários impérios e dinastias, como o Império Máuria indiano, o Império Aquemênida persa, o Império de Alexandre, o Califado Omíada árabe, o Império Mongol, o Império Mogol, o Império Durrani, o Império Sique e o Império Britânico. Como resultado do Movimento Paquistanês, liderado por Muhammad Ali Jinnah, e pela luta da região por independência política, o Paquistão foi criado em 1947 como uma nação independente para os muçulmanos das regiões no leste e no oeste do subcontinente indiano, onde havia uma maioria muçulmana. Inicialmente um domínio, o Paquistão adotou uma nova constituição em 1956, tornando-se uma república islâmica. A guerra civil, em 1971, resultou na secessão do Paquistão Oriental como um novo país chamado Bangladesh.

República Khmer

A República Khmer (សាធារណរដ្ឋខ្មែរ) foi um período da história do Camboja que compreende o golpe de Estado contra o então príncipe Norodom Sihanouk, dando fim ao Reino do Camboja, pelo general Lon Nol, que se apresentou como chefe de Estado da nova política que chamou de República Khmer. Este novo Estado se alinhou aos Estados Unidos e ao Vietnã do Sul contra o Vietnã do Norte e o Viet Cong, cedeu seu território para bases estadunidenses para essa finalidade e entrou em confronto com os guerrilheiros do Khmer Vermelho, liderado por Pol Pot. O declínio do poder dos Estados Unidos na Guerra do Vietnã enfraqueceu o governo de Lon Nol, que caiu em 17 de abril de 1975 com a vitória do Khmer Vermelho, que fundou o Kampuchea Democrático. O golpe de Estado de Lon Nol ao príncipe Norodom Sihanouk foi a principal causa do ingresso do Camboja diretamente na Guerra do Vietnã. Durante este período, os Estados Unidos com a autorização do presidente Richard Nixon deu inicio a um programa de bombardeios intensos no nordeste do país, que causou muitas baixas de civis e não fez outra coisa senão reforçar os guerrilheiros do Khmer Vermelho. Lon Nol foi evacuado pelos norte-americanos no início de abril de 1975 e morreu no Havaí em 1985.

No dia 8 de março de 1970, enquanto o príncipe Norodom Sihanouk encontrava-se na França, oficialmente por razões médicas, várias manifestações ocorreram na província de Svay Rieng, localizada na fronteira com o então Vietnã do Sul, contra a presença de tropas vietnamitas na região. Os protestantes alegavam serem vítimas de requisições de pessoal e veículos para o transporte de material bélico e de serem alvo de limitações de sua liberdade de circulação por medidas administrativas vexatórias.

Singapura

Singapura (até o FO 1943, grafada Cingapura; em malaio: Singapura; Singapore; em mandarim: 新加坡 Xīnjiāpō; em tâmil: சிங்கப்பூர் Chiṅkappūr), oficialmente República de Singapura, é uma cidade-Estado insular localizada na ponta sul da Península Malaia, no Sudeste Asiático, 137 quilômetros ao norte do equador. Constituído por 63 ilhas, Singapura é separado da Malásia pelo Estreito de Johor, ao norte, e das Ilhas Riau (Indonésia) pelo Estreito de Singapura, ao sul. O país é o que apresenta o maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos países asiáticos (9° melhor do mundo em 2014). O seu território é altamente urbanizado, mas quase metade dele é coberto por vegetação. No entanto, mais terras estão sendo criadas para o desenvolvimento por meio do processo de aterramento marítimo.

Singapura foi parte de diversos impérios locais desde que foi habitado no d.C. O país moderno foi fundado como um posto comercial da Companhia Britânica das Índias Orientais por Sir Stamford Raffles em 1819 com a permissão do Sultanato de Johor. O Império Britânico obteve soberania completa da ilha em 1824 e a cidade se tornou um dos Estabelecimentos dos Estreitos em 1826. Singapura foi ocupada pelo Império do Japão durante a Segunda Guerra Mundial e voltou ao domínio britânico após o conflito. Tornou-se autogovernada internamente em 1959. O território uniu-se a outros ex-territórios britânicos para formar a Malásia em 1963 e tornou-se um Estado totalmente independente dois anos mais tarde. Desde então, teve um aumento maciço em termos de riqueza e é um dos quatro Tigres Asiáticos. A economia depende fortemente da indústria e dos serviços. O país é um líder mundial em diversas áreas: é o quarto principal centro financeiro do mundo, o segundo maior mercado de casinos e o terceiro maior centro de refinação de petróleo do mundo. Seu porto é um dos cinco mais movimentados do mundo. O país é o lar do maior número de famílias milionárias em dólares per capita do planeta. O Banco Mundial considera a cidade como o melhor lugar no mundo para se fazer negócios. O país tem o terceiro maior PIB per capita por paridade do poder de compra do mundo, tornando Singapura um dos países mais ricos do planeta.

Sri Lanka

O Sri Lanka, Sri Lanca ou Seri Lanca, oficialmente República Democrática Socialista do Sri Lanka; conhecido pela forma portuguesa equivalente Ceilão, adotada pelo país até 1972; era chamado de Taprobana na Antiguidade e na Idade Média, é um país insular asiático, localizado ao largo da extremidade sul do subcontinente indiano. Tem costas para a baía de Bengala a leste, oceano Índico a sul e a oeste, e o estreito de Palk a noroeste, que o separa da Índia. A sua capital é Sri Jaiavardenapura-Cota (ou simplesmente Cota), subúrbio da antiga capital Colombo, desde a inauguração do novo edifício do parlamento, em 1982.

A história documentada do Sri Lanka se estende por 3000 anos, com evidências de assentamentos humanos pré-históricos que remontam a pelo menos 125 mil anos. A sua localização geográfica e portos profundos tornou de grande importância estratégica desde o tempo da antiga Rota da Seda até a Segunda Guerra Mundial. O Sri Lanka era conhecido desde o início do domínio colonial britânico até 1972 como Ceilão. A história recente do país tem sido marcada por uma guerra civil que durou trinta anos, que decisivamente terminou quando os militares do Sri Lanka derrotaram os Tigres de Liberação do Tamil Eelam (LTTE) em 2009.

Síria

Síria (ou سوريا; transl.: ), oficialmente República Árabe Síria é um país localizado na Ásia Ocidental. O território sírio de jure faz fronteira com o Líbano e o Mar Mediterrâneo a oeste; a Turquia ao norte; o Iraque a leste; a Jordânia ao sul e Israel ao sudoeste. Um país de planícies férteis, altas montanhas e desertos, é o lar de diversos grupos étnicos e religiosos, inclusive árabes, gregos, armênios, assírios, curdos, circassianos, mandeus e turcos. Os grupos religiosos incluem sunitas, cristãos, alauitas, drusos, mandeus e iazidis. Os árabes sunitas formam o maior grupo populacional do país.

Antigamente, o nome de "Síria" era sinônimo de Levante (conhecido em árabe como al-Sham), enquanto o Estado moderno abrange os locais de vários reinos e impérios antigos, como a civilização eblana, do Sua capital, Damasco, está entre as mais antigas cidades continuamente habitadas do mundo. Na era islâmica, a cidade se tornou a sede do Califado Omíada e uma capital provincial do Sultanato Mameluco do Egito. A Síria moderna foi estabelecida após a Primeira Guerra Mundial durante o Mandato Francês e era o maior Estado árabe a surgir na região do Levante, que antigamente era dominada pelo Império Otomano. O país conquistou a independência como uma república parlamentar em 24 de outubro de 1945, quando a Síria tornou-se membro fundador da Organização das Nações Unidas, um ato que legalmente pôs fim ao antigo domínio francês — embora as tropas francesas não tenham deixado o país até abril de 1946.

Tailândia

Tailândia, oficialmente Reino da Tailândia, anteriormente conhecida como Sião (em tailandês: สยาม) é um estado soberano no centro da península da Indochina, no Sudeste asiático. É limitado a norte por Mianmar e Laos, a leste por Laos e Camboja, a sul pelo Golfo da Tailândia e pela Malásia, e a oeste pelo Mar de Andamão e pela extremidade sul Texto em subscrito de Mianmar. Suas fronteiras marítimas incluem o Vietnã, no Golfo da Tailândia, para o sudeste; e a Indonésia e a Índia no mar de Andamão, a sudoeste.

Os historiadores muitas vezes consideram o Reino de Sucotai como o início da história tailandesa, que se insere na influência do Reino de Aiutaia, o primeiro a ter contato com o Ocidente, através de uma missão diplomática portuguesa. Aiutaia teve uma longevidade de 417 anos, chegando ao fim com a guerra birmano-siamesa em 1767. Taksin libertou o país, estabelecendo a cidade de Thonburi como capital e adotando uma política de enfrentamento à ameaça de outras nações, o que fez do reino o único no Sudeste asiático a nunca ter sofrido colonização europeia. A dinastia Chakri foi fundada por Rama I, o Grande e Banguecoque foi elevada à capital em 1782. Em meio à revolução, em 1932 o país passou de monarquia absoluta a monarquia constitucional e, em 23 de junho de 1939, deixou de chamar-se Sião e adotou seu nome atual, Tailândia. Atualmente, o país é regido por uma junta militar, que tomou o poder em maio de 2014, através de um golpe de Estado. É liderada pelo rei Maha Vajiralongkorn, que ascendeu ao trono em 2016.

Território Britânico do Oceano Índico

O Território Britânico do Oceano Índico é um território britânico ultramarino situado no meio do oceano Índico, aproximadamente a metade do caminho entre a África e a Indonésia. O território compreende os sete atóis do arquipélago de Chagos, com mais de mil ilhas individuais — sendo a maioria muito pequenas — centradas em 6° S, 71°30' E, que totalizam uma área terrestre de. Diego Garcia, a maior ilha (27 km²), na região meridional do arquipélago, ocupa uma posição estratégica no centro do oceano Índico e é um local utilizado para fins militares pelos Estados Unidos e pelo Reino Unido. Durante as guerras do Golfo, do Afeganistão e do Iraque, a ilha de Diego Garcia foi extensamente utilizada como base das operações lançadas pelos Estados Unidos, pelo Reino Unido e pela OTAN.

Os únicos habitantes são militares e empreiteiros associados dos Estados Unidos e do Reino Unido, que totalizam cerca de 2500 (números de 2012). A remoção dos chagossianos do arquipélago de Chagos ocorreu entre 1968 e 1973. Os chagossianos, que na época eram cerca de 2000 pessoas, foram expulsos pelo governo britânico para Maurício e Seicheles para permitir que os Estados Unidos construíssem uma base militar no território. Atualmente, os habitantes nativos exilados ainda estão tentando retornar, argumentando que a expulsão forçada e a desapropriação foram ilegais. As ilhas estão fora dos limites para os chagossianos, turistas casuais e os meios de comunicação.

Vietname

(em vietnamita: Việt Nam, ), oficialmente República Socialista do Vietnã/Vietname (em vietnamita: ), é um Estado soberano localizado no leste da península da Indochina, no Sudeste Asiático. Faz fronteira com a República Popular da China a norte, com Laos e com o Camboja a oeste, com o golfo da Tailândia a sudoeste, e a leste e sul com o mar da China Meridional, onde há mais de (e recifes) próximas e distantes da costa, muitas destas reivindicadas pelo Vietnã, sendo que ainda estão em disputa outros países, como a República da China (Taiwan), a República Popular da China, a Malásia e as Filipinas. Com uma população de mais de 90 milhões de habitantes, é o 14º país mais populoso do mundo, tendo Hanói como sua capital desde sua reunificação, em 1976.

A região do atual país fez parte da China Imperial por mais de um milênio, a partir de 111 a.C até 938 d.C. Os vietnamitas se tornaram independentes da China Imperial no ano de 938, após a vitória vietnamita na batalha de Bach Dang. Dinastias reais vietnamitas sucessivas floresceram quando a nação se expandiu geográfica e politicamente para o Sudeste da Ásia, até a península da Indochina ser colonizada pelos franceses em meados do século XIX. Na sequência de uma ocupação japonesa, na década de 1940, os vietnamitas lutaram contra o domínio francês na Primeira Guerra da Indochina, que resultou na expulsão dos Franceses em 1954. A partir daí, o Vietnã foi dividido politicamente em dois estados rivais, o Vietnã do Norte e o Vietnã do Sul. O conflito entre os dois lados se intensificou, com forte intervenção dos Estados Unidos, no conflito que ficou conhecido como a Guerra do Vietnã. A guerra terminou com a vitória norte-vietnamita em 1975. Após a vitória do Vietnã do Norte sobre o Vietnã do Sul, representado pela Frente Nacional de Libertação do Sul do Vietnã, o país passou a ser a República Socialista do Vietnã, mantida até aos dias atuais.

Índia

Índia (, Bhārat, ;, ), oficialmente denominada República da Índia (, Bhārat Gaṇarājya; ), é um país da Ásia Meridional. É o segundo país mais populoso, o sétimo maior em área geográfica e a democracia mais populosa do mundo. Delimitada ao sul pelo Oceano Índico, pelo mar da Arábia a oeste e pelo golfo de Bengala a leste, a Índia tem uma costa com km de extensão. O país faz fronteira com Paquistão a oeste; China, Nepal e Butão ao norte e Bangladesh e Mianmar a leste. Os países insulares do Oceano Índico — Sri Lanka e Maldivas — estão localizados bem próximo da Índia.

Lar da Civilização do Vale do Indo, de rotas comerciais históricas e de vastos impérios, o subcontinente indiano é identificado por sua riqueza comercial e cultural de grande parte da sua longa história. Quatro grandes religiões — hinduísmo, budismo, jainismo e siquismo — originaram-se no país, enquanto o zoroastrismo, o judaísmo, o cristianismo e o islamismo chegaram no e moldaram a diversidade cultural da região. Anexada gradualmente pela Companhia Britânica das Índias Orientais no início do e colonizada pelo Império Britânico a partir de meados do, a Índia tornou-se uma nação independente em 1947, após uma luta social pela independência que foi marcada pela extensão da resistência não violenta.

Chipre

Chipre, oficialmente República de Chipre é um país insular no leste Mar Mediterrâneo, ao largo das costas da Síria e Turquia. O Chipre é a terceira maior e mais populosa ilha no Mediterrâneo e um Estado-membro da União Europeia desde 2004. Ele está localizado ao sul da Turquia, a oeste da Síria e do Líbano, a noroeste de Israel, ao norte do Egito e a leste da Grécia.

A mais antiga atividade humana conhecida na ilha data do Vestígios arqueológicos deste período incluem a aldeia neolítica bem preservada de Choirokoitia e o Chipre é o lar de alguns dos poços de água mais antigos do mundo. O país foi colonizado por gregos micênicos em duas ondas no Como uma localização estratégica no Oriente Médio, a ilha foi posteriormente ocupada por várias grandes potências, como os impérios de assírios, egípcios e persas, de quem o território foi anexado em por Alexandre, o Grande. O país depois foi dominado pelo Egito ptolemaico, pelo Império Romano e pelo Império Romano do Oriente, por califados árabes por um curto período, pela dinastia francesa Lusignan e pelos venezianos, seguido por mais de três séculos de domínio otomano, entre 1571 e 1878 (de jure até 1914).

Dinamarca

Dinamarca (em dinamarquês: Danmark, [ˈd̥ænmɑɡ̊]), oficialmente Reino da Dinamarca, é um país nórdico da Europa setentrional e membro sênior do Reino da Dinamarca. É o mais meridional dos países nórdicos, a sudoeste da Suécia e ao sul da Noruega, delimitado no sul pela Alemanha. As demais fronteiras da Dinamarca são marítimas, ao norte e leste com o Mar Báltico e ao oeste com o Mar do Norte. O país é composto por uma grande península, a Jutlândia, e 443 ilhas, das quais 78 habitadas, com destaque para a Zelândia (Sjælland), Funen (Fyn), Vendsyssel-Thy, Lolland, Falster e Bornholm, assim como centenas de ilhas menores, muitas vezes referidas como o Arquipélago Dinamarquês. A Dinamarca há muito tempo controla a entrada e a saída do mar Báltico, já que isso só pode acontecer por meio de três canais, que também são conhecidos como os "Estreitos Dinamarqueses".

A língua nacional, o dinamarquês, é próxima do sueco e do norueguês. A Dinamarca compartilha fortes laços históricos e culturais com a Suécia e com a Noruega. 82,0% dos habitantes da Dinamarca e 90,3% da etnia dinamarquesa são membros da Igreja Estatal Luterana. Cerca de 9% da população tem nacionalidade estrangeira, sendo que uma grande parte deles são provenientes de outros países escandinavos.

Gibraltar

Gibraltar é um território britânico ultramarino localizado no extremo sul da Península Ibérica. Corresponde a uma pequena península, com uma estreita fronteira terrestre a norte, é limitado, dos outros lados, pelo Mar Mediterrâneo, Estreito de Gibraltar e Baía de Gibraltar, já no Atlântico. A Espanha mantém a reivindicação sobre o Rochedo, o que é totalmente rejeitado pela população gibraltina.

O nome Gibraltar origina-se na expressão árabe jabal al-Tariq (ﺨﺒﻝﻄﺭﻕ) que significa "montanha de Tárique". A montanha, um promontório militarmente estratégico na entrada do mar Mediterrâneo, guarnece o estreito oceânico que separa a África do continente europeu. O nome é uma homenagem ao general berbere Tárique que no ano de 711 d.C. aí desembarcou, iniciando a conquista do reino visigótico.

Grécia

Grécia, oficialmente República e historicamente conhecida como Hélade , é um país localizado no sul da Europa. De acordo com dados do censo de 2011, a população grega é de cerca de 11 milhões de pessoas. Atenas é a capital e a maior cidade do país.

O país está estrategicamente localizado no cruzamento entre a Europa, a Ásia, o Oriente Médio e a África. Tem fronteiras terrestres com a Albânia a noroeste, com a Macedônia do Norte e a Bulgária ao norte e com a Turquia no nordeste. O país é composto por nove regiões geográficas: Macedônia, Grécia Central, Peloponeso, Tessália, Epiro, Ilhas Egeias (incluindo o Dodecaneso e Cíclades), Trácia, Creta e Ilhas Jônicas. O Mar Egeu fica a leste do continente, o Mar Jônico a oeste e o Mar Mediterrâneo ao sul. A Grécia tem a 11ª maior costa do mundo, com quilômetros de comprimento, com um grande número de ilhas (cerca de, das quais 227 são habitadas). Oitenta por cento do país é composto por montanhas, das quais o Monte Olimpo é a mais elevada, a metros de altitude.

Guernsey

Guernsey, em inglês, Guernesey, em francês, ou aportuguesando para Guérnesei ou Guernesei é uma ilha no Canal da Mancha, dependência da Coroa Britânica que não faz parte do Reino Unido. Conjuntamente com Jérsia, forma as Ilhas do Canal. O Bailiado de Guernsey (Bailiwick of Guernsey, em inglês; Bailliage de Guernesey, em francês) está situado a norte da Normandia, entre o canal da Mancha e o golfo de Saint-Malo ao sul, com e . Divide-se em dois grupos de ilhas: o principal inclui as ilhas de Guernsey, Sark, Herm, Brecqhou e Jethou; o secundário, situado a nordeste, ao largo do cabo francês de La Hague, inclui as ilhas de Alderney e Burhou. O território mais próximo é Jérsia, a sueste, seguindo-se a França a oeste e a Inglaterra a norte.


Ilha de Man

A Ilha de Man ou Ilha do Homem (em inglês: Isle of Man; em manês: Mannin) é uma dependência da Coroa do Reino Unido, que inclui a ilha principal, do mesmo nome, e algumas ilhotas adjacentes, no mar da Irlanda. A capital é Douglas (Doolish). The Tynwald Day (em manês: Laa Tinvaal) é o Dia Nacional da Ilha de Man, comemorado em 5 de julho.

Os viquingues estabeleceram-se na Ilha de Man no final do. O Reino nórdico de Mann e Ilhas Hébridas foi criado por Godred Crovan em 1079. Esse reino foi separado em 1164 em Reino das Hébridas e Reino de Mann, sob domínio norueguês. Em 1266, pelo Tratado de Perth, o rei Magno VI da Noruega cedeu as ilhas à Escócia. A Ilha de Man passou para controle inglês no e para a Coroa Britânica em 1765.

Irlanda

A Ilha da Irlanda (Éire; em escocês do Ulster: Airlann; Ireland; também conhecida como Ilha Esmeralda por suas vastas estepes verde-claras) é a terceira maior ilha da Europa e a vigésima maior do mundo. Encontra-se a noroeste da Europa continental e está cercada por centenas de ilhas e ilhéus. A leste da Irlanda localiza-se a Grã-Bretanha, separada dela pelo Mar da Irlanda. A ilha está dividida entre a República da Irlanda, que cobre um pouco menos do que cinco sextos da ilha, e a Irlanda do Norte, região sob a soberania do Reino Unido, que abrange o restante e está localizada no nordeste da ilha. A população da Irlanda é de aproximadamente 6,2 milhões de pessoas. Pouco menos de 4,5 milhões vivem na República da Irlanda e cerca de 1,8 milhões vivem na Irlanda do Norte. A população de 2008 da República da Irlanda foi estimada em 4.422.100 e da Irlanda do Norte foi estimado em 1,775 milhões.

As montanhas relativamente baixas em volta da Irlanda, criaram uma planície no centro da ilha com vários rios navegáveis que se estendem para o interior. A ilha tem uma vegetação exuberante, produto do seu clima ameno, mas mutável devido ao clima oceânico, o que evita os extremos de temperatura. Espessas florestas cobriram a ilha até ao século XVII; porém, nos dias de hoje, é a área mais desmatada na Europa. Há 26 espécies nativas de mamíferos existentes na Irlanda.

Islândia

Islândia é um país nórdico insular europeu situado no oceano Atlântico Norte. O seu território abrange a ilha homônima e algumas pequenas ilhas no oceano Atlântico, localizadas entre a Europa continental e a Groenlândia (Gronelândia em português europeu). O país tem população de quase 350 mil habitantes em uma área de cerca de 103 mil quilômetros quadrados. A sua capital e maior cidade é Reiquiavique, cuja área metropolitana abriga cerca de dois terços da população nacional. Devido à sua localização na dorsal mesoatlântica, a Islândia tem uma grande atividade vulcânica e um importante gradiente geotérmico, o que afeta muito a sua paisagem. O interior é constituído principalmente por um planalto caracterizado por campos de areia, montanhas e glaciares. Aquecida pela corrente do Golfo, a Islândia tem um clima temperado em relação à sua latitude e oferece um ambiente habitável.

Segundo Landnámabók, o povoamento da Islândia começou em 874, quando o chefe norueguês Ingólfur Arnarson se tornou o primeiro morador norueguês permanente da ilha. Outros exploradores, como Naddoddr já a tinham visitado antes, mas ficaram lá apenas durante o inverno. Nos séculos seguintes, os povos de origem nórdica e céltica instalaram-se no território da Islândia. Até ao, a população islandesa era fortemente dependente da pesca e da agricultura e o território do país era, entre 1262 e 1918, parte das monarquias norueguesa e, mais tarde, dinamarquesa. No, a economia e o sistema de proteção social da Islândia desenvolveram-se rapidamente e, nas últimas décadas, o país tem implementado o livre comércio no Espaço Econômico Europeu, acabando com a dependência da pesca e partindo para novos domínios econômicos no setor de serviços, finanças e de vários tipos de indústrias. A Islândia tem uma economia de livre mercado com baixos impostos em comparação com outros países da OCDE.

Jersey

Jersey (raramente Jérsia ou Jérsei ) é uma ilha e de um bailiado no Canal da Mancha que, junto com Guernsey, forma as Ilhas do Canal, uma dependência da Coroa Britânica que não faz parte do Reino Unido. O Bailiado de Jersey (Bailiwick of Jersey ou Bailliage de Jersey) é um território englobado pelas Ilhas do Canal mais meridionais, no Golfo de Saint-Malo, ou seja, a própria Ilha de Jersey e algumas ilhotas adjacentes e o grupo de rochedos chamado Minquiers, situado a sul. O território mais próximo é a França, a leste e a sul, seguindo-se Guernsey, a noroeste.

A história de Jersey é influenciada pela sua localização estratégica entre a costa da França sententrional e na costa sul da Inglaterra. Há dez mil anos a ilha fazia parte do continente. Há vestígios neolítico em La Cotte à la Chèvre e paleolítico em La Cotte de St Brelade.

Malta

Malta, oficialmente República de Malta (Repubblika ta' Malta ; em inglês: Republic of Malta ), é um país insular localizado no Sul da Europa, cujo território ocupa as Ilhas Maltesas, um arquipélago situado no Mar Mediterrâneo, 93 km ao sul da ilha da Sicília (Itália) e 288 km a nordeste da Tunísia (África), 1826 km a leste de Gibraltar e 1510 quilômetros a oeste de Alexandria.

Malta abrange uma área terrestre de 316 km², tornando-se um dos menores países da Europa, possuindo também a maior densidade demográfica do continente. Sua capital é Valeta e a maior cidade é Birkirkara. O Maltês é a língua nacional e o inglês é a língua co-oficial.

Mónaco

Mónaco, oficialmente (Principauté de Monaco ; em dialeto monegasco: Principatu de Múnegu), é uma cidade-estado soberana, e, portanto, um microestado, situado ao sul da França. Fazendo costa com o mar Mediterrâneo, o principado, fundado em 1297 pela Casa de Grimaldi – até hoje sua soberana –, fica a menos de 20 quilómetros a leste da cidade de Nice e 20 quilómetros a oeste da cidade de Ventimiglia. Possui aproximadamente uma área de 202 hectares (2,02 km²), sendo o segundo menor Estado do mundo, atrás apenas do Vaticano, com 44 hectares de área, e é o estado com a densidade populacional mais alta do mundo. Tem como forma de governo a monarquia constitucional, em que o monarca é Sua Alteza Sereníssima, o Príncipe Alberto II do Mónaco.

O Mónaco é um dos seis microestados da Europa e um dos 24 do mundo. É governado há mais de sete séculos pela Casa de Grimaldi, sendo uma das 48 monarquias da atualidade. O país tem sua economia baseada no turismo, e é conhecido por seu circuito de Fórmula 1, o Grande Prémio do Mónaco, o Casino de Monte Carlo e por ser a sede do World Music Awards. Outro atrativo do Mónaco é a fama de "paraíso fiscal", não estando os investidores sujeitos a impostos sobre renda. Por esses vários fatores, o Mónaco tem um dos custos de vida mais altos do planeta.

Reino Unido

Reino Unido, oficialmente Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, é um Estado soberano insular localizado em frente à costa noroeste do continente europeu. O Reino Unido inclui a ilha da Grã-Bretanha, a parte nordeste da ilha da Irlanda, além de muitas outras ilhas menores. A Irlanda do Norte é a única parte do Reino Unido com uma fronteira terrestre, no caso, com a República da Irlanda. Fora essa fronteira terrestre, o país é cercado pelo oceano Atlântico, o mar do Norte, o canal da Mancha e o mar da Irlanda. A maior ilha, a Grã-Bretanha, é conectada com a França pelo Eurotúnel.

O Reino Unido é uma união política de quatro "países constituintes": Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales. O governo é regido por um sistema parlamentar, cuja sede está localizada na cidade de Londres, a capital, e por uma monarquia constitucional que tem a rainha como a chefe de Estado. As dependências da Coroa das Ilhas do Canal (ou Ilhas Anglo-Normandas) e a Ilha de Man (formalmente possessões da Coroa), não fazem parte do Reino Unido, mas formam uma confederação com ele.

Anguilla

Anguilla (lê-se Anguilha, mas por vezes é aportuguesada como Anguila ) é um território britânico ultramarino nas Caraíbas, que compreende a ilha de Anguilla e algumas ilhotas próximas, e que tem fronteira marítima, no canal de Anguilla, com a ilha de São Martinho (dividida em uma parte neerlandesa, Sint Maarten, e uma parte francesa, Saint-Martin). A oeste, tem como vizinhas mais próximas as Ilhas Virgens Britânicas. A capital de Anguilla é The Valley.

Anguila tornou-se um paraíso fiscal popular, não tendo ganhos de capital, patrimônio, lucro ou outras formas de tributação direta de pessoas físicas ou jurídicas. Em abril de 2011, diante de um déficit crescente, a ilha introduziu uma "taxa de estabilização provisória" de 3%, a primeira forma de imposto de renda de Anguila.

Antígua e Barbuda

Antígua e Barbuda (Antigua and Barbuda, ), ou, mais raramente, Antiga e Barbuda, é um país independente das Américas constituído por 37 ilhas situadas entre o mar do Caribe (português brasileiro) (mar das Caraíbas (português europeu) ) e o Oceano Atlântico. É constituída por duas grandes ilhas, Antiga ( pronunciado em inglês: /ænˈtiːɡə/) e Barbuda ( pronunciado em inglês: /bɑrˈbjuːdə/), e outras seis ilhotas: Great Bird, Green, Guinea, Long, Maiden e York; além de outras 29 ilhotas desabitadas. Separada por poucas milhas marítimas, o arquipélago faz parte das ilhas de Barlavento das Pequenas Antilhas, na América central; cerca de 17° norte da linha do Equador e clile

Os primeiros habitantes das ilhas surgiram há cerca de, mas apenas em 1493, elas foram descobertas por Cristóvão Colombo que as batizou, e colonizou em nome do reino da Espanha. Tal estatuto durou até 1667, quando foram vendidas à Grã-Bretanha, tendo estado sob soberania britânica até à sua independência em 1981. Desde então Antígua e Barbuda se tornou um dos 196 países reconhecidos pela ONU, além de uma das últimas 44 monarquias da atualidade, um dos 25 microestados (países com uma área menor que, e um dos dezasseis reinos da Commonwealth of Nations (Comunidade de Nações), a liga de ex-colônias britânicas que reconhecem a Rainha Elizabeth II (português brasileiro) (Isabel II (português europeu) ) como sua chefe de Estado.

Aruba

Aruba (em neerlandês e papiamento: Aruba) é um território autônomo neerlandês do Caribe, ao largo da costa da Venezuela. Além da Venezuela, os seus vizinhos mais próximos são Curaçao, São Martinho e a Península de La Guajira (Colômbia). Capital: Oranjestad.

É um país integrante do Reino dos Países Baixos.

Bahamas

As Bahamas ou Baamas , oficialmente Comunidade das Bahamas (em inglês: Commonwealth of The Bahamas), são um país insular membro da comunidade do Caribe constituído por mais de 700 ilhas, cayos e ilhéus no oceano Atlântico, a norte de Cuba e da ilha Espanhola (ou "Hispaniola"), na qual se situam Haiti e República Dominicana, a noroeste do território ultramarino britânico das ilhas Turcas e Caicos e a sudeste do estado americano da Flórida.

Sua capital é Nassau, na ilha de Nova Providência.

Barbados

Barbados é um país insular soberano nas Pequenas Antilhas, na América Central, sendo o país mais oriental do Caribe. Possui 34 quilômetros de comprimento e 23 quilômetros de largura, cobrindo uma área de 432 km². Situa-se na região ocidental do Atlântico Norte, distante 100 quilômetros a leste das Ilhas de Barlavento e do Mar do Caribe. Os países mais próximos da ilha são Trinidad e Tobago, estando a 400 quilômetros a sudoeste, e São Vicente e Granadinas, estando a 168 quilômetros a oeste. Barbados está fora da principal área de Cinturão de furacões.

A nação foi descoberta por navegadores espanhóis no final do século XV, entrando para o domínio da Coroa espanhola. Barbados é identificada pela primeira vez em um mapa espanhol de 1511. Os portugueses passaram a visitar a ilha a partir de 1536, mas não a ocuparam. O primeiro navio inglês a deslocar-se para a região, o Olive Blossom, chegou a Barbados em 1624. Eles tomaram posse em nome do rei James I. Em 1627, os primeiros colonos permanentes chegaram da Inglaterra, tornando Barbados uma colônia britânica.

Belize

Belize (no período colonial, designado por Honduras Britânicas) é um pequeno Estado soberano pertencente à comunidade das Caraíbas, situado na costa nordeste da América Central, e onde o inglês é língua oficial, apesar de o crioulo belizenho e de o castelhano serem comumente falados.

O Belize é limitado a norte pelo México, a leste pelo golfo de Honduras, banhado pelo mar das Caraíbas (português europeu) (mar do Caribe (português brasileiro) ) e a sul e a oeste pela Guatemala.

Bermudas

As ilhas Bermudas, em inglês chamadas Bermuda (no singular), são um território britânico ultramarino membro da comunidade do Caribe localizadas no Oceano Atlântico, constituídas por uma ilha principal e um conjunto de pequenas ilhas separadas por estreitos canais, hoje ligadas por pontes rodoviárias. O território mais próximo é a costa leste dos Estados Unidos da América, mais especificamente o Cabo Hatteras, e por esse motivo (e também porque as ilhas fazem parte da Placa Norte-Americana), incluem-se as Bermudas na América do Norte. Trata-se de uma das ilhas que se situa sobre a cordilheira submarina Dorsal Mesoatlântica.

Uma das maiores inovações da moda foi criada nas Bermudas, se trata do calção tipo bermuda. Na época da criação da roupa, havia uma lei que proibia das mulheres de mostrar as pernas, então elas usavam shorts grandes, abaixo do joelho, que foram batizados com o nome da ilha e hoje são usados por homens e mulheres.

Canadá

O Canadá (Canada, ; Canada, ) é um país que ocupa grande parte da América do Norte e se estende desde o oceano Atlântico, a leste, até o oceano Pacífico, a oeste. Ao norte o país é limitado pelo oceano Ártico. É o segundo maior país do mundo em área total, superado apenas pela Rússia, e a sua fronteira comum com os Estados Unidos, no sul e no noroeste, é a mais longa fronteira terrestre do mundo.

As terras ocupadas pelo Canadá são habitadas há milênios por diferentes grupos de povos aborígines. Começando no fim do século XV, expedições britânicas, portuguesas e francesas exploraram e, mais tarde, se estabeleceram ao longo da costa Atlântica do país. A França cedeu quase todas as suas colônias na América do Norte em 1763 depois da Guerra dos Sete Anos. Em 1867, com a união de três colônias britânicas da América do Norte em uma confederação, o Canadá foi formado como um domínio federal de quatro províncias. Isto começou com um acréscimo de províncias e territórios e com um processo de aumento de autonomia do Reino Unido. Esta ampliação de autonomia foi salientada pelo Estatuto de Westminster de 1931 e culminou no Canada Act de 1982, que eliminou os vestígios de dependência jurídica do Parlamento Britânico.

Costa Rica

A Costa Rica, oficialmente República da Costa Rica (em espanhol: República de Costa Rica), é um país da América Central, com 4,8 milhões de habitantes, limitado a norte pela Nicarágua, a leste pelo mar do Caribe, a sudeste pelo Panamá e a oeste pelo Oceano Pacífico. O país possui entre os seus territórios a Ilha do Coco, no Oceano Pacífico, a norte do Equador. O país possui uma população de cerca de 4,9 milhões, em uma área de terra de 51.060 quilômetros quadrados. Mais de 300.000 pessoas vivem na capital e maior cidade, San José, que possuía uma população estimada em 333.980 habitantes em 2015.

A Costa Rica é conhecida por sua democracia estável em uma região marcada por instabilidades políticas e por sua força de trabalho altamente qualificada, a maioria dos quais fala a língua inglesa. O país gasta cerca de 6,9% do seu orçamento (2016) em educação, em comparação com uma média global de 4,4%. Sua economia, antes altamente dependente da agricultura, diversificou-se para incluir setores como finanças, serviços corporativos para empresas estrangeiras, produtos farmacêuticos e ecoturismo. Muitas empresas estrangeiras (manufatura e serviços) operam nas Zonas Francas da Costa Rica, onde se beneficiam de investimentos e incentivos fiscais.

Dominica

A Dominica ou Domínica (Dominica, ; em francês: Dominique, ; em caribe: Wai‘tu kubuli), oficialmente Comunidade da Dominica (em inglês: Commonwealth of Dominica), é um Estado soberano insular constituído pela ilha homónima e situado no mar das Caraíbas / Caribe, mais precisamente na região das Pequenas Antilhas. Os seus vizinhos são dois departamentos ultramarinos franceses: Guadalupe, a nor-noroeste, e Martinica, a sudeste. Tem uma área de, sendo o seu ponto mais alto o Morne Diablotins, com. A Comunidade da Dominica tem, de acordo com o censo de 2011. A sua capital e maior cidade é Roseau. Não se deve confundir com a República Dominicana, localizada na porção leste da ilha Hispaniola.

A Dominica é alcunhada de "Ilha Natureza das Caraíbas" devido à sua beleza natural não alterada. É a ilha mais recente das Pequenas Antilhas, ainda apresentando atividade geotermal vulcânica, como evidenciado pela fonte termal Boiling Lake. A ilha apresenta ainda áreas luxuriantes de floresta tropical montanhosa, habitat de variadas espécies raras de fauna e flora. Existem algumas zonas xéricas nas zonas costeias ocidentais, mas o interior é chuvoso. O papagaio-imperial, a ave nacional, está representado na bandeira. A economia dominiquense dependente fortemente do turismo, da agricultura e de impostos elevados.

Estados Unidos

), ou simplesmente Estados Unidos , são uma república constitucional federal composta por cinquenta estados e um distrito federal. A maior parte do país situa-se na região central da América do Norte, formada por 48 estados e Washington, D.C., o distrito federal da capital. Localiza-se entre os oceanos Pacífico e Atlântico, fazendo fronteira com o Canadá a norte e com o México a sul. O estado do Alasca está no noroeste do continente, fazendo fronteira com o Canadá no leste e com a Rússia a oeste, através do estreito de Bering. O estado do Havaí é um arquipélago no Pacífico Central. O país também possui vários outros territórios no Caribe e no Pacífico.

Com 9,37 milhões de km² de área e cerca de 309 milhões de habitantes, os Estados Unidos são o maior país em área total, o quinto maior em área contígua e o terceiro em . O país é uma das nações mais multiculturais e etnicamente diversas do mundo, produto da forte imigração vinda de muitos países. A economia dos Estados Unidos é a maior economia nacional do mundo, com um produto interno bruto que em 2008 foi de de dólares, o que foi equivalente a um quarto do valor do PIB nominal mundial e um quinto do PIB mundial por paridade do poder de compra.

Granada

Granada é um país caribenho constituído pela ilha homónima e pela metade sul das ilhas Granadinas, das quais a maior é Carriacou. Tem fronteira marítima com São Vicente e Granadinas, a nordeste, e está também próxima de Trinidad e Tobago, a sudeste, e da Venezuela, a sudoeste. A capital do país é Saint George's.

Granada é também conhecida como a "Ilha das Especiarias" por causa da produção de noz-moscada, da qual é um dos maiores exportadores do mundo. Sua área territorial é de 344 km², com uma população estimada em habitantes. O pássaro nacional de Granada é a pomba-de-granada, que encontra-se na lista de espécies em perigo crítico.

Gronelândia

A Groenlândia, Groelândia ou Gronelândia (em gronelandês: Kalaallit Nunaat, "nossa terra"; em dinamarquês: Grønland, "terra verde") é uma região autónoma do Reino da Dinamarca. O seu território ocupa a ilha com o mesmo nome, considerada a maior do mundo, além de diversas ilhas vizinhas, ao largo da costa nordeste da América do Norte.

As suas costas são banhadas a norte pelo oceano Glacial Ártico, a leste pelo mar da Gronelândia, a leste e sul pelo Oceano Atlântico e a oeste pelo mar do Labrador e pela baía de Baffin. A terra mais próxima é a ilha Ellesmere, a mais setentrional das ilhas do Arquipélago Ártico Canadiano, da qual está separada pelo estreito de Nares. Outros territórios próximos são: no mesmo arquipélago canadiano, a oeste, a ilha de Devon e a ilha de Baffin; a sudeste a Islândia; a leste a ilha de Jan Mayen e a nordeste o arquipélago de Esvalbarda, ambos possessões da Noruega.

Ilhas Cayman

As ilhas Cayman (em português brasileiro) ou Caimão (em português europeu) (Cayman Islands) são um território ultramarino britânico no Caribe (Caraíbas, em português europeu), a sul de Cuba. Relativamente isoladas e afastadas umas das outras, as ilhas têm em Cuba e na Jamaica, a sudeste, os vizinhos mais próximos. Compreendem a Grande Caimão, Caimão Brac e a Pequena Caimão. A capital é George Town. Até meados dos anos 60 do século XX, estas ilhas dedicavam-se à agricultura e à pesca. Atualmente, este arquipélago é um conhecido paraíso fiscal. O turismo é também um dos principais atrativos destas ilhas, representando cerca de 70% do produto interno bruto. A população residente é maioritariamente de origem afro-europeia, sendo cerca de 20% jamaicana. Possui uma elevada taxa de alfabetização (98%), e a esperança média de vida é de 79 anos.

As Ilhas Cayman foram descobertas por Cristóvão Colombo em 10 de maio de 1503 durante sua quarta viagem à América. Em 1586, o pirata Francis Drake atracou nas ilhas, sendo o primeiro inglês do qual há provas de que ele as visitou, e as batizou como Ilhas Cayman. As ilhas, juntamente com a vizinha Jamaica, foram ocupadas pela Inglaterra durante a Guerra Anglo-Espanhola de 1655-1660; A Espanha reconheceu oficialmente a soberania inglesa sobre eles através do Tratado de Madri de 1670. Juntamente com a Jamaica, eles foram governados como uma colônia até 1962, quando se tornaram territórios ultramarinos britânicos, enquanto a Jamaica conquistou sua independência (na Comunidade Britânica de Nações).

Ilhas Virgens Americanas

As Ilhas Virgens Americanas (oficialmente Ilhas Virgens dos Estados Unidos; em inglês: United States Virgin Islands) são colônias norte-americanas nas Caraíbas que compreendem a metade ocidental das ilhas Virgens e a ilha de Santa Cruz, a sul.


Ilhas Virgens Britânicas

As Ilhas Virgens Britânicas (em inglês, British Virgin Islands) são um território britânico ultramarino localizado ao leste de Porto Rico, nas águas do mar do Caribe. As ilhas fazem parte do arquipélago das Ilhas Virgens, sendo as outras ilhas parte das Ilhas Virgens Americanas e das Ilhas Virgens Espanholas pertencentes a Porto Rico.

O nome oficial do território é "Ilhas Virgens", e o termo "britânico" é geralmente usado para distingui-los de outros territórios vizinhos pertencentes ao arquipélago. As publicações do governo do território continuam a colocar "o território das Ilhas Virgens" e nos passaportes só se refere às "Ilhas Virgens".

Jamaica

Jamaica é um país insular situado no mar do Caribe (em português europeu, Mar das Caraíbas) que compreende a terceira maior ilha das Grandes Antilhas. A Jamaica é o quinto maior país insular do Caribe (Caraíbas) Os povos indígenas da ilha, os taínos, chamavam-na de Xaymaca em aruaque, ou seja, a "terra da madeira e da água" ou a "terra dos mananciais".

Depois de tornar uma possessão espanhola conhecida como Santiago, em 1655 a ilha passa ao domínio britânico e é nomeada como "Jamaica". O país conseguiu sua completa independência do Reino Unido apenas em 6 de agosto de 1962. Com 2,8 milhões de pessoas, é o terceiro país anglófono mais populoso na América, depois dos Estados Unidos e do Canadá. Kingston é a maior cidade e a capital do país, com uma população que ronda um milhão de habitantes. A Jamaica tem uma grande diáspora em todo o mundo, devido à emigração do país.

Montserrat

Montserrat (ou Monserrate ) é uma ilha das Caraíbas (Caribe em português brasileiro), que se constitui como um território ultramarino do Reino Unido. Situa-se nas ilhas de Barlavento, parte da cadeia insular das Pequenas Antilhas, nas Índias Ocidentais. A ilha de Monserrate tem aproximadamente de comprimento e de largura, com cerca de de linha de costa. Monserrate tem a alcunha (apelido, em português brasileiro) de "Ilha Esmeralda das Caraíbas", quer pelas suas semelhanças com as costa irlandesa e devido à ascendência de alguns dos seus habitantes.

A 18 de julho de 1995, o vulcão anteriormente dormente das Soufrière Hills voltou a estar ativo. As erupções destruíram a capital da era georgiana de Monserrate, Plymouth, bem como forçaram dois terços da população a fugir. A atividade vulcânica continua atualmente, afetando principalmente as vizinhanças de Plymouth, incluindo as suas docas, bem como o lado oriental da ilha em torno do antigo Aeroporto W. H. Bramble, cujos escombros foram enterrados pelas correntes de lava resultantes da atividade vulcânica de 11 de fevereiro de 2010.

Nicarágua

A Nicarágua, oficialmente República da Nicarágua , é um país da América Central, limitado ao norte pelo Golfo de Fonseca (através do qual faz fronteira com El Salvador), Honduras, a leste pelo Mar das Caraíbas, através do qual faz fronteira com o território colombiano de San Andrés e Providencia, a sul com a Costa Rica e a oeste com o Oceano Pacífico. Sua capital é Manágua.

O Império Espanhol conquistou a região no século XVI. A Nicarágua alcançou sua independência da Espanha em 1821. Desde a sua independência, o país passou por períodos de instabilidade política, ditadura e crises que levaram à Revolução Sandinista de 1960 e 1970. A Nicarágua é uma república democrática representativa e tem experimentado um crescimento econômico e estabilidade política nos últimos anos. Desde 2007, Daniel Ortega tem sido o presidente.

Panamá

Panamá, oficialmente República do Panamá (em castelhano: República de Panamá), é o país mais meridional da América Central. Situado no istmo que liga as Américas do Norte e do Sul, o país faz fronteira com Costa Rica, a oeste; Colômbia, a sudeste; Caribe, ao norte, e com o Oceano Pacífico ao sul. A capital é a Cidade do Panamá.

A população do país é formada por uma maioria de mestiços de índios e europeus. O setor econômico mais importante é o de serviços, que abrange as atividades financeiras e as rendas obtidas com a zona de livre-comércio de Colón, a exploração do canal e o registro de navios mercantes.

Países Baixos Caribenhos

Os Países Baixos Caribenhos ou Caraíbas Neerlandesas (Caribisch Nederland) são três municípios que tiveram independência das Antilhas Neerlandesas após sua dissolução em 10 de outubro de 2010. Estão situados a leste de Aruba e Curaçao perto da costa da Venezuela. As ilhas têm uma população de 21 mil habitantes.

O país é composto pelas seguintes ilhas:

Porto Rico

Porto Rico (Puerto Rico), oficialmente Estado Livre Associado de Porto Rico (Estado Libre Asociado de Puerto Rico) é um território não incorporado dos Estados Unidos localizado no nordeste do Mar do Caribe. É um arquipélago entre as Grandes Antilhas que inclui a ilha principal de Porto Rico e uma série de pequenas, como Mona, Culebra e Vieques. A cidade capital e mais populosa é San Juan. Suas línguas oficiais são o espanhol e o inglês, embora o espanhol predomine. A população da ilha é de aproximadamente 3,4 milhões. A rica história local, o clima tropical, as paisagens naturais diversas, a cozinha tradicional e os incentivos fiscais atrativos fazem dele um destino popular para viajantes de todo o mundo.

Originalmente povoada pelo povo taíno, a ilha foi reivindicada em 1493 por Cristóvão Colombo para a Coroa de Castela durante sua segunda viagem. Mais tarde, sofreu tentativas de invasão dos franceses, holandeses e britânicos. Quatro séculos de governo colonial espanhol transformaram as paisagens étnicas, culturais e físicas da ilha, principalmente com ondas de escravos africanos e colonizadores canários e andaluzes. Na imaginação imperial espanhola, Porto Rico desempenhou um papel secundário, mas estratégico, quando comparado às colônias mais ricas como o Vice-Reino do Peru e as partes do continente da Nova Espanha. O controle administrativo distante da Espanha continuou até o final do século XIX, ajudando a produzir uma cultura e uma língua crioula distinta que combina elementos dos nativos americanos, africanos e ibéricos. Em 1898, após a Guerra Hispano-Americana, os Estados Unidos adquiriram Porto Rico junto com outras colônias espanholas nos termos do Tratado de Paris.

Santa Lúcia

Santa Lúcia (Saint Lucia, ; Sainte-Lucie) é um país insular das Pequenas Antilhas, no Caribe (Caraíbas em português europeu), próximo à Martinica, São Vicente e Granadinas e Barbados. Seu nome foi dado por Cristóvão Colombo, que ali esteve, em 1502.

Os primeiros a povoarem a ilha de Santa Lúcia foram os Aruaques no, que foram expulsos posteriormente pelos Caribes (Caraíbas em português europeu). Espanhóis e ingleses tentaram ocupar a ilha, mas encontraram forte resistência dos nativos caribes. Em 1660, os franceses conseguiram se estabelecer ali, iniciando uma longa disputa com a Inglaterra que durou 150 anos. Por conta disto, a bandeira de posse em Santa Lúcia foi mudada catorze vezes consecutivas. Através do Tratado de Paris, em 1814, a Grã-Bretanha assumiu definitivamente o controle da ilha de Santa Lúcia, embora o período em que ela esteve sob dominação francesa tenha deixado marcas, inclusive no próprio idioma local, um patoá resultante da mescla de dialetos africanos com o francês.

São Cristóvão e Nevis

São Cristóvão e Névis ou São Cristóvão e Neves , oficialmente Federação de São Cristóvão e Neves ou Névis (em inglês: Federation of Saint Christopher and Nevis ou, usando a forma coloquial, Federation of Saint Kitts and Nevis, ) é um país das Caraíbas, localizado entre as ilhas de Barlavento, e constituído pelas ilhas de São Cristóvão (Saint Kitts, coloquialmente, ou Saint Christopher, oficialmente) e Névis ou Neves (em inglês, Nevis). É também o menor Estado soberano da América, tanto em extensão territorial quanto em número de habitantes.

A capital e sede do governo do Estado federado é Basseterre, na ilha de São Cristóvão. A ilha menor, Neves, situa-se a três quilómetros de São Cristóvão, ficando esta separada por um estreito pouco profundo a que localmente se chama The Narrows.

São Martinho

São Martinho é um país constituinte do Reino dos Países Baixos. Compreende a parte meridional da ilha caribenha de São Martinho. A parte setentrional da ilha é uma coletividade ultramarina da República Francesa (Saint-Martin). A capital é Philipsburg. A população total da parte neerlandesa da ilha é de 37 000 habitantes numa área de 34 km².

Até 10 de outubro de 2010 São Martinho era parte das Antilhas Neerlandesas (ou Antilhas Holandesas), coletividade que foi extinta por decisão das populações residentes de suas partes constituintes.

São Vicente e Granadinas

São Vicente e Granadinas (Saint Vincent and the Grenadines, ) é um país das Caraíbas localizado nas Pequenas Antilhas. O seu território de 389 km² é constituído pela ilha de São Vicente e pelos dois terços norte da cadeia das Granadinas. Tem fronteiras marítimas com Santa Lúcia, a nordeste, e com Granada, a sudoeste, e é um dos países mais próximos de Barbados. De influência colonial britânica, é hoje parte da Commonwealth e do CARICOM. A sua capital, Kingstown, fica na ilha de São Vicente, e é o principal centro urbano do país.

Com uma área de 389 km², seu território consiste principalmente na ilha de São Vicente e os dois terços restantes em Granadinas, que são uma cadeia de ilhas menores que se estende ao sul da Ilha de São Vicente, em direção a Granada. A ilha principal de São Vicente mede 18 km de comprimento, 11 km de largura e 344 km² de área. As ilhas Granadinas, em sua totalidade, abrangem 60,4 quilómetros, com uma área total de 45 km². A maior parte da nação se encontra dentro do Cinturão de furacões.

Trinidad e Tobago

Trindade e Tobago , Trinidade e Tobago ou Trinidad e Tobago (apenas em português brasileiro) (em inglês: Trinidad and Tobago, ), oficialmente República de Trindade e Tobago (em inglês: Republic of Trinidad and Tobago), é um Estado soberano insular das Caraíbas (Caribe em português brasileiro) situado ao largo da costa nordeste da Venezuela e a sul de Granada, nas Pequenas Antilhas. Faz fronteira marítima com os Barbados a nordeste, com a Guiana a sudeste, e com a Venezuela a sul e a oeste. Situa-se na confluência do mar das Caraíbas com o oceano Atlântico.

O país tem uma área de e consiste nas ilhas de Trindade (ou Trinidad), Tobago e numerosos ilhéus. A ilha da Trindade é a maior e mais povoada, representando 94% da área do total e 96% do total de habitantes.

Turks e Caicos

As Ilhas Turcas e Caicos (em inglês, Turks and Caicos Islands) são um território britânico ultramarino dependente do Reino Unido, localizadas ao norte da ilha Hispaniola (onde se encontram o Haiti e a República Dominicana), no Mar do Caribe (Caraíbas), e compostas por dois grupos de ilhas tropicais do arquipélago Lucaiano: as ilhas Caicos (maiores) e as ilhas Turcas (menores). São conhecidas principalmente pelo turismo e como sendo um paraíso fiscal. A população total é de cerca de, dos quais vivem em Providenciales, nas ilhas Caicos.

O nome "Ilhas Turcas" deve-se à abundância natural, no arquipélago, de uma certa espécie de cacto cuja forma recorda um fez turco. "Caicos" são "baixios ou recifes grandes que chegam às vezes a formar ilhotas".

Austrália

Austrália, oficialmente Comunidade da Austrália , é um país do hemisfério sul, localizado na Oceania, que compreende a menor área continental do mundo ("continente australiano"), a ilha da Tasmânia e várias ilhas adjacentes nos oceanos Índico e Pacífico. O continente-ilha, como a Austrália por vezes é chamada, é banhado pelo oceano Índico, ao sul, e a oeste pelo mar de Timor, mar de Arafura e Estreito de Torres, a norte, e pelo mar de Coral e mar da Tasmânia, a leste. Através destes mares, tem fronteira marítima com a Indonésia, Timor-Leste e Papua-Nova Guiné, a norte, e com o território francês da Nova Caledónia, a leste, e a Nova Zelândia a sudeste.

Durante cerca de quarenta mil anos antes da colonização europeia iniciada no final do século XVIII, o continente australiano e a Tasmânia eram habitadas por cerca de 250 nações individuais de aborígenes. Após visitas esporádicas de pescadores do norte e pela descoberta europeia por parte de exploradores holandeses em 1606, a metade oriental da Austrália foi reivindicada pelos britânicos em 1770 e inicialmente colonizada por meio do transporte de presos para a colônia de Nova Gales do Sul, fundada em 26 de janeiro de 1788. A população aumentou de forma constante nos anos seguintes, o continente foi explorado e, durante o século XIX, outros cinco grandes territórios autogovernados foram estabelecidos.

Estados Federados da Micronésia

Os Estados Federados da Micronésia (siglados como EFM; Federated States of Micronesia, siglados como FSM), coloquialmente chamados apenas de Micronésia (Micronesia, ), são uma nação insular da Oceania, composta por cerca de 607 ilhas que se estendem por pelo arquipélago das Ilhas Carolinas no oceano Pacífico, a leste das Filipinas e a norte da Papua-Nova Guiné. O país é um Estado soberano em livre associação com os Estados Unidos, país que tem total responsabilidade pela a defesa dos EFM. O território do atual Estado fazia parte do Protectorado das Ilhas do Pacífico, das Nações Unidas, sob administração tutelar dos Estados Unidos. Em 1979, o país adotou uma constituição e, em 1986, a independência foi alcançada sob um Tratado de Livre Associação com os Estados Unidos.

O país é composto por quatro principais grupos de ilhas-estados: Chuuk, Kosrae, Yap e Pohnpei, onde localiza-se a capital Palikir (ou Paliquir). Separada dos quatro principais estados, estão as ilhas de Nukuoro e Kapingamarangi, que geográfica e politicamente fazem parte da Micronésia, porém linguística e culturalmente, seriam mais adequadamente associados à Polinésia (os idiomas falados nestas duas ilhas são da família samoana das línguas polinésias). A maior cidade dos EFM é Kolonia, capital de Pohnpei.

Fiji

A República das Fíji ou das Fiji (também de Fíji/Fiji), por vezes escrito Fidji (,, ou ; em fijiano: Matanitu ko Viti; em inglês: Republic of Fiji, ; híndi fijiano: फ़िजी गणराज्य Fijī Gaṇarājya), anteriormente conhecida como República das Ilhas Fiji, é um país insular da Oceania, composto por 332 ilhas no Oceano Pacífico. Fíji faz fronteira marítima com Tuvalu e com o território francês de Wallis e Futuna a norte, com Tonga a leste, e com o território francês da Nova Caledónia, com Vanuatu e com as Ilhas Salomão a oeste. A sul, a terra mais próxima corresponde às ilhas neozelandesas de Kermadec, mas estão bastante afastadas.

A maioria das ilhas de Fiji foi formada por meio de atividade vulcânica, iniciada há cerca de 150 milhões de anos. Hoje, algumas atividades geotérmicas ainda ocorrem nas ilhas de Vanua Levu e Taveuni. Os sistemas geotérmicos em Viti Levu são de origem não vulcânica, com descargas superficiais de baixa temperatura (35-60 graus Celsius). Fiji é habitada pelo menos desde o segundo milênio a.C, e foi colonizada primeiro pelos austronésios e depois pelos melanésios, com algumas influências polinésias. Os europeus visitaram as ilhas Fiji a partir do século XVII e, após um breve período como um reino independente, os britânicos fundaram a Colônia de Fiji em 1874. Fiji foi uma colônia da Coroa britânica até 1970, quando conquistou a independência. Uma república foi declarada em 1987, após uma série de golpes de estado. Em um outro golpe de Estado em 2006, o comodoro Frank Bainimarama tomou o poder. Quando o Supremo Tribunal decidiu em 2009 que a liderança militar era ilegal, o Presidente Josefa Iloilo, a quem os militares tinham mantido como Chefe de Estado nominal, formalmente revogou a Constituição e reconduziu Bainimarama. Mais tarde, em 2009, Iloilo foi substituído como presidente por Epeli Nailatikau. Após anos de atrasos, uma eleição democrática foi realizada em 17 de setembro de 2014. O FiyiFirst, de orientação política baseada na centro-direita, venceu com 59,2% dos votos, e a eleição foi considerada credível pelos observadores internacionais.

Guam

Guam, ou, nas suas formas portuguesas, Guão ou Guame (Guam, ; em chamorro: Guåhån), é um dos catorze territórios não incorporados dos Estados Unidos. Está localizado na Micronésia, localizado na extremidade sul das Ilhas Marianas, no oeste do Oceano Pacífico. Faz divisa, ao norte com as Marianas Setentrionais, também sob administração estadunidense, e ao sul com os Estados Federados da Micronésia.

Guam era território espanhol, governado como parte da Capitania Geral das Filipinas do século XVI até 1898, quando após a Guerra Hispano-Americana, foi cedida pela Espanha aos Estados Unidos segundo os termos do Tratado de Paris. Guam é a maior ilha do sul das Ilhas Marianas. A sua capital é a cidade de Hagåtña.

Ilha Norfolk

A ilha Norfolk (Norfolk Island, ; em norfolquino: Norf'k Ailen), aceite também ilha Norfolque, é uma ilha no oceano Pacífico localizada entre a Austrália, Nova Zelândia e a Nova Caledónia, na Oceânia ,e é um dos territórios externos da Austrália.

Sua capital é Kingston, e a sua localidade mais populosa é Burnt Pine.

Ilhas Cook

As Ilhas Cook (Cook Islands, ; em maori: Kūki 'Āirani ) são um país autônomo do Oceano Pacífico, em livre associação com a Nova Zelândia.

É formado por um arquipélago que compreende 15 ilhas cuja área total de terra é de 240 km².

Ilhas Marshall

As Ilhas Marshall (Marshall Islands, ; em marshalês: Aelōñin M̧ajeļ, ), oficialmente Repúblicas das Ilhas Marshall (em inglês: Republic of the Marshall Islands; em marshalês: Aolepān Aorōkin M̧ajeļ), são um país da Micronésia, cujos vizinhos mais próximos são Quiribáti, a sul, os Estados Federados da Micronésia, a oeste, e a Ilha Wake, pertencente aos Estados Unidos, a norte.

Embora independente, o país desfruta de uma "livre associação" com os EUA, que são responsáveis pela segurança e pela defesa das Ilhas Marshall.

Ilhas Menores Distantes dos Estados Unidos

As Ilhas Menores Distantes dos Estados Unidos consistem numa série de ilhas dispersas, administradas pelos Estados Unidos:

Estas ilhas situam-se no Oceano Pacífico, com excepção de Navassa, que fica no Mar das Caraíbas.

Ilhas Pitcairn

As Ilhas Pitcairn ou Ilhas Picárnia, (Pitcairn Islands, ; em pitcairnês: Pitkern Ailen), oficialmente Ilhas Pitcairn, Henderson, Ducie e Oeno ou Grupo de Ilhas Pitcairn, são um território ultramarino britânico na Polinésia que tem como único vizinho a Polinésia Francesa, a oeste. É constituída pela ilha homônima, e pelas ilhas Ducie, Oeno e Henderson, sendo as últimas, desabitadas, por causa de sua inacessibilidade. A capital e única povoação é Adamstown, localizada na ilha Pitcairn que possui uma área de, localizada na parte centro-norte da ilha e considerada a menor capital do mundo.

É conhecido por ser o lar dos descendentes dos amotinados do navio Bounty e dos taitianos que os acompanharam. Com apenas 56 habitantes de nove famílias, também é famoso por ser o país menos povoado do mundo, embora não seja uma nação soberana.

Ilhas Salomão

As Ilhas Salomão (em inglês Solomon Islands, ) são um país no oceano Pacífico, na Melanésia, situados no arquipélago de mesmo nome (com excepção das ilhas Bougainville, Buka e outras ilhas menores que constituem a extremidade noroeste do arquipélago). O país inclui também as ilhas Santa Cruz e outras ilhas e atóis isolados. Tem fronteiras marítimas com a Papua-Nova Guiné, a oeste, com Nauru, a nordeste, e com Vanuatu, a sudeste. A capital e maior cidade do país é Honiara.

As ilhas foram habitadas por milhares de anos. Em 1568, o navegador espanhol Álvaro de Mendaña foi o primeiro europeu a chegar ao lugar, nomeando-os como Islas Salomón. A Grã-Bretanha definiu sua área de interesse no arquipélago das Ilhas Salomão em junho de 1893, quando o capitão Gibson RN, do HMS Curacoa, declarou o sul das Ilhas Salomão um protetorado britânico. Durante a Segunda Guerra Mundial, a Campanha nas Ilhas Salomão (1942-1945) sediou ferozes combates entre os Estados Unidos e o Império do Japão, como a Batalha de Guadalcanal.

Ilhas Samoa

As ilhas Samoa ou arquipélago de Samoa (anteriormente Ilhas Navegadores) formam um grupo de ilhas localizadas no centro-sul do Oceano Pacífico.

Pertencem à região da Polinésia.

Kiribati

Kiribati, Quiribáti ou Quiribati (em inglês: Kiribati, ou ; em gilbertês, Kiribati, ), oficialmente República de Kiribati (em inglês: Republic of Kiribati; em gilbertês: Ribaberiki Kiribati), é um país soberano composto por 33 ilhas, com atóis e recifes espalhados por uma vasta área ao centro do Oceano Pacífico, abrangendo da Micronésia à Polinésia. É o único país do mundo com territórios nos quatro hemisférios da Terra. Apesar disso, seu território terrestre total, somado, coloca-o entre os menores países do mundo. É o primeiro país do mundo a mudar de ano, na ilha de Kiritimati, devido ao fuso horário (UTC+14), de modo que a República de Quiribáti é o país mais adiantado em questão de horário.

Compreende alguns arquipélagos (grupos de ilhas): de oeste para leste, a ilha de Banaba, as ilhas Gilbert, as ilhas Phoenix e quase a totalidade das Espórades Equatoriais, à excepção de algumas possessões estadunidenses ao norte do arquipélago. Quiribáti tem fronteira marítima com as Ilhas Marshall, a noroeste; com as possessões dos Estados Unidos das ilhas Howland e Baker, a norte; com as três possessões dos Estados Unidos nas Espórades, também a norte (Kingman, Palmyra e Jarvis); com o território francês da Polinésia Francesa, a sudeste; com as Ilhas Cook e a possessão neozelandesa de Toquelau, a sul; com Tuvalu, também a sul; e com Nauru, a oeste. Sua capital é o atol de Tarawa (em português, Taraua) (por vezes indicada como sendo especificamente o conjunto de ilhas de Taraua do Sul (South Tarawa), outras vezes como o próprio atol de Tarawa (que inclui Tarawa do Sul).

Marianas Setentrionais

As Ilhas Marianas Setentrionais ou Ilhas Marianas do Norte (Northern Mariana Islands, ; em chamorro: Sankattan Siha Na Islas Mariånas; em caroliniano: Commonwealth Téél Falúw kka Efáng llól Marianas), com a designação oficial de Comunidade das Ilhas Marianas Setentrionais (em inglês: Commonwealth of the Northern Mariana Islands, abreviado para CNMI), são um "estado livremente associado" aos Estados Unidos, situado na Micronésia, que compreende 14 ilhas do arquipélago das Marianas.

Faz divisa, ao norte com as ilhas Vulcano e com a ilha Marcus e outros territórios do Japão, ao sul com a dependência norte-americana de Guam e com os Estados Federados da Micronésia.

Nauru

Nauru (em nauruano: Naoero), oficialmente República de Nauru (em inglês: Republic of Nauru; em nauruano: Ripubrikit Naoero) e antes conhecido por Pleasant Island (em português: Ilha Aprazível), é um país insular do hemisfério sul, localizado na Oceania, que compreende uma área de 21 quilômetros quadrados, o que faz dele o menor país insular do mundo. A ilha mais próxima ao país é a Ilha Banaba, no Kiribati, 300 quilômetros a leste.

Nauru é uma ilha rica em rocha fosfática, e a sua atividade econômica primária desde 1907 foi a exportação de fosfato da ilha. Com o esgotamento das reservas de fosfato, seu ambiente severamente degradado pela mineração, e a confiança estabelecida para administrar a riqueza da ilha significativamente posta em causa, o governo de Nauru ordenou medidas excepcionais para obter rendimento. Desde 2001, aceitou o apoio do governo australiano, em troca do qual a ilha acolhe um centro de detenção para pessoas que procuram asilo na Austrália, que é parte da sua "Solução Pacífica".

Niue

Niue ou Niuê (Niue, ; em niueano: Niuē) é um país insular localizado na Oceania, 2,4 mil quilômetros a nordeste da Nova Zelândia, a leste de Tonga, ao sul de Samoa e a oeste das Ilhas Cook. A área terrestre de Niue é de cerca de 261 quilômetros quadrados, e sua população, predominantemente polinésia, era de cerca de 1,6 mil em 2016. A ilha é comumente referida como a "Rocha da Polinésia".

Niue é uma das maiores ilhas de coral do mundo. O terreno da ilha tem dois níveis notáveis. O nível mais alto é formado por uma falésia de calcário ao longo da costa, com um planalto no centro da ilha, atingindo aproximadamente sessenta metros acima do nível do mar. O nível mais baixo é um terraço costeiro de aproximadamente 0,5 quilômetro de largura e cerca de 25 a 27 metros de altura, que desce e encontra o mar em pequenas falésias. Um recife de coral rodeia a ilha, com a única grande ruptura no recife na costa ocidental central, perto de Alofi, a capital de Niue. Uma característica notável são as várias cavernas de calcário localizadas perto da costa.

Nova Zelândia

Nova Zelândia (New Zealand, ; em maori: Aotearoa, ) é um país insular, oficialmente pertencente à Oceania, no sudoeste do Oceano Pacífico, formado por duas massas de terra principais (comumente chamadas de Ilha do Norte e Ilha do Sul) e por numerosas ilhas menores, sendo as mais notáveis as ilhas Stewart e Chatham. O nome indígena na língua maori para a Nova Zelândia é Aotearoa, normalmente traduzido como "A Terra da Grande Nuvem Branca". Os domínios da Nova Zelândia também incluem as Ilhas Cook e Niue (que se autogovernam, mas em associação livre); Tokelau; e a Dependência de Ross (reivindicação territorial da Nova Zelândia na Antártida).

A Nova Zelândia é notável por seu isolamento geográfico: está situada a cerca de km a sudeste da Austrália, separados através do mar da Tasmânia e os seus vizinhos mais próximos ao norte são a Nova Caledônia, Fiji e Tonga. Devido ao seu isolamento, o país desenvolveu uma fauna distinta dominada por pássaros, alguns dos quais foram extintos após a chegada dos seres humanos e dos mamíferos introduzidos por eles. A maioria da população da Nova Zelândia é de ascendência europeia (67,6%), sobretudo britânica, enquanto os nativos maoris, ou seus descendentes, são minoria (14,6%). Asiáticos e polinésios não-maori também são grupos de minoria significativa (16,1%), especialmente em áreas urbanas. A língua mais falada é o inglês, trazida pelos colonizadores britânicos, embora também sejam considerados idiomas oficiais línguas nativas, como a língua maori.

Novas Hébridas

Novas Hébridas era o nome colonial dado a um grupo de ilhas no sul do Oceano Pacífico, que hoje formam a nação de Vanuatu.

As ilhas foram colonizadas no século XVIII por franceses e britânicos, após a visita do capitão James Cook.

Palau

Palau (por vezes em inglês também Belau ou Pelew; em palauano: Belau), oficialmente República de Palau (Republic of Palau; em palauano: Beluu ęr a Belau) é um pequeno país insular da Micronésia, no Oceano Pacífico, entre os mares das Filipinas a oeste e norte, Indonésia e Papua-Nova Guiné a sul e Estados Federados da Micronésia a leste e nordeste (Yap).

O país foi estabelecido originalmente cerca de atrás por migrantes das Filipinas, tendo sofrido uma povoação de negritos até cerca de 900 anos atrás. As ilhas foram visitadas pelos europeus no século XVIII, e se tornaram parte do Império Espanhol na Ásia e Oceania, em 1885. Após a derrota da Espanha na Guerra Hispano-Americana, em 1898, as ilhas foram vendidas à Alemanha Imperial em 1899, nos termos do Tratado Germano-Espanhol, onde foram administrados como parte da Nova Guiné Alemã. A Marinha Imperial Japonesa conquistou Palau durante a Primeira Guerra Mundial, e as ilhas foram feitas mais tarde uma parte do Mandato do Pacífico Sul pela Liga das Nações. Durante a Segunda Guerra Mundial, escaramuças, incluindo a Batalha de Peleliu, foram travadas entre as tropas norte-americanas e japonesas, como parte da Campanha nas Ilhas Marianas e Palau. Junto com outras ilhas do Pacífico, Palau foi posta sob alçada do governo dos Estados Unidos, através do Protetorado das Ilhas do Pacífico, em 1947. O país votou contra a formação de um único estado com os Estados Federados da Micronésia, em 1979, ganhando soberania plena em 1994 sob um Tratado de Livre Associação com os Estados Unidos.

Papua-Nova Guiné

A Papua-Nova Guiné ou Papua Nova Guiné (Papua New Guinea, ; em tok pisin: Papua Niugini; em hiri motu: Papua Niu Gini), oficialmente Estado Independente da Papua-Nova Guiné, é um país da Oceania que ocupa a metade oriental da ilha da Nova Guiné, e uma série de ilhas e arquipélagos, a leste e a nordeste, embora sempre na Melanésia. A única fronteira terrestre que tem é com Papua, a oeste, mas tem fronteiras marítimas com Palau e os Estados Federados da Micronésia, a norte, com as Ilhas Salomão, a sudeste, e com a Austrália, através do mar de Coral, estreito de Torres e mar de Arafura, a sul. A sua capital é Port Moresby.

A Papua-Nova Guiné é um dos países com maior diversidade cultural no mundo. De acordo com dados recentes, 848 línguas diferentes são listadas no país, das quais 12 não possuem nenhum falante vivo. A maior parte da população, estimada em pouco mais de 7 milhões de habitantes, vive em comunidades tradicionais, que são tão diversas entre si quanto os idiomas. Possui, ainda, um dos menores percentuais de população vivendo em centros urbanos, já que 82% de sua população vive em áreas rurais. O país ainda é pouco explorado, cultural e geograficamente, e muitas espécies existentes em sua flora e fauna ainda são desconhecidas.

Samoa Americana

A Samoa Americana (American Samoa, ; Amerika Sāmoa, ; também Amelika Sāmoa ou Sāmoa Amelika) é um território não incorporado dos Estados Unidos situado na Polinésia. Compreende ilhas orientais (e menores) das ilhas Samoa, sendo a principal Tutuila.


Timor-Leste

Timor-Leste, oficialmente República Democrática de Timor-Leste (em tétum: Timor Lorosa'e, oficialmente Repúblika Demokrátika Timór-Leste), é um dos países mais jovens do mundo, e ocupa a parte oriental da ilha de Timor, no Sudeste Asiático, além do exclave de Oecusse, na costa norte da parte ocidental de Timor, da ilha de Ataúro, a norte, e do ilhéu de Jaco, ao largo da ponta leste da ilha. As únicas fronteiras terrestres que o país tem ligam-no à Indonésia, a oeste da porção principal do território, e a leste, sul e oeste de Oecusse, mas tem também fronteira marítima com a Austrália, no Mar de Timor, a sul. Com de extensão territorial, Timor-Leste tem superfície equivalente às áreas dos distritos portugueses de Beja e Faro somadas, o que ainda é consideravelmente menor que o menor dos estados brasileiros, Sergipe. Sua capital é Díli, situada na costa norte.

A língua mais falada em Timor-Leste era o indonésio no tempo da ocupação indonésia, sendo hoje o tétum (mais falado na capital). O tétum e o português formam as duas línguas oficiais do país, enquanto o indonésio e a língua inglesa são consideradas línguas de trabalho pela atual constituição de Timor-Leste. Geograficamente, o país enquadra-se no chamado sudeste asiático, enquanto do ponto de vista biológico aproxima-se mais das ilhas vizinhas da Melanésia, o que o colocaria na Oceania e, por conseguinte, faria dele uma nação transcontinental.

Tokelau

Toquelau (em inglês, Tokelau; ) é um pequeno arquipélago na Polinésia, no Oceano Pacífico, e um território sob administração da Nova Zelândia, que corresponde às ilhas de mesmo nome, também conhecidas como Ilhas da União. Os vizinhos mais próximos de Toquelau são Quiribáti, a norte; as Ilhas Cook, a leste; Samoa e a Samoa Americana, a sul; e Tuvalu, a oeste.

O arquipélago de Toquelau é formado por três atóis no sul do oceano Pacífico (Atafu, Nukunonu e Fakaofo), a cerca de de Samoa. Como não há estradas nem automóveis, todo o transporte em Toquelau é feito por mar. De acordo com um relatório da ONU de 1989, Toquelau faz parte das ilhas que podem desaparecer no século XXI caso não sejam tomadas medidas para conter o efeito estufa, que aumenta o nível dos oceanos. Cada atol tem seu próprio centro administrativo.

Tonga

Tonga, oficialmente Reino de Tonga, (em tonganês: Pule'anga Fakatu'i 'o Tonga; em inglês: Kingdom of Tonga) é um país da Oceania, integrante da Polinésia e formado pela união de 177 ilhas de mesmo nome, também conhecidas como Ilhas Amigáveis. Através de seu território marítimo, faz fronteira ao norte com o território ultramarino francês de Wallis e Futuna e com Samoa; a nordeste com a Samoa Americana; a leste com os territórios de Niue e das Ilhas Cook, pertencentes à Nova Zelândia; e a oeste com Fiji. Ao sul, as ilhas mais próximas são as Kermadec, também sob domínio da Nova Zelândia. Sua capital é Nuku'alofa, que também é o seu principal centro urbano.

Com uma área de, Tonga é o 172.º maior país do mundo em área territorial. Sua população é ligeiramente superior aos habitantes, colocando o reino na 178.ª posição entre os países mais populosos e resultando numa densidade demográfica de

Tuvalu

Tuvalu é um Estado da Polinésia formado por um grupo de nove ilhas e atóis, antigamente chamado Ilhas Ellice. Tem fronteiras marítimas com o Kiribati, a norte e a nordeste; com o território neozelandês de Tokelau, a leste; com Samoa, a sudeste; com o território francês de Wallis e Futuna a sul; e com Fiji, também a sul. Fica estrategicamente localizado no sul da Oceania. A oeste o vizinho mais próximo são as Ilhas Salomão, mas a distância entre os dois grupos de ilhas é considerável (cerca de ).

O atol de Funafuti, principal centro do arquipélago, é formado por mais de 30 ilhas. 92% da população é tuvaluana, já 8% é formada por outros grupos polinésios, principalmente os que vêm de Kiribati.

Argentina

Argentina, oficialmente República Argentina, é o segundo maior país da América do Sul em território e o terceiro em população, constituída como uma federação de 23 províncias e uma cidade autônoma, Buenos Aires, capital do país. É o oitavo maior país do mundo em área territorial e o maior entre as nações de língua espanhola, embora México, Colômbia e Espanha, que possuem menor território, sejam mais populosos.

A área continental da Argentina está entre a cordilheira dos Andes a oeste e o oceano Atlântico, a leste. Faz fronteira com o Paraguai e Bolívia ao norte, com o Brasil e Uruguai a nordeste e com o Chile a oeste e sul. A Argentina reivindica uma parte da Antártida, sobrepondo as reivindicações do Chile e do Reino Unido no continente antártico, mesmo após todas as reivindicações terem sido suspensas pelo Tratado da Antártida de 1961. O país reivindica ainda as Ilhas Malvinas (Islas Malvinas) e Geórgia do Sul e Sandwich do Sul, que são administradas pelo Reino Unido como territórios britânicos ultramarinos.

Brasil

Brasil (pronuncia-se localmente ), oficialmente República Federativa do Brasil, é o maior país da América do Sul e da região da América Latina, sendo o quinto maior do mundo em área territorial (equivalente a 47% do território sul-americano) e sexto em população (com mais de 200 milhões de habitantes). É o único país na América onde se fala majoritariamente a língua portuguesa e o maior país lusófono do planeta, além de ser uma das nações mais multiculturais e etnicamente diversas, em decorrência da forte imigração oriunda de variados locais do mundo. Sua atual Constituição, promulgada em 1988, concebe o Brasil como uma república federativa presidencialista, formada pela união dos 26 estados, do Distrito Federal e dos municípios.

Delimitado pelo oceano Atlântico a leste, o Brasil tem um litoral de. O país faz fronteira com todos os outros países sul-americanos, exceto Chile e Equador, sendo limitado a norte pela Venezuela, Guiana, Suriname e pelo departamento ultramarino francês da Guiana Francesa; a noroeste pela Colômbia; a oeste pela Bolívia e Peru; a sudoeste pela Argentina e Paraguai e ao sul pelo Uruguai. Vários arquipélagos formam parte do território brasileiro, como o Atol das Rocas, o Arquipélago de São Pedro e São Paulo, Fernando de Noronha (o único destes habitado) e Trindade e Martim Vaz. O Brasil também é o lar de uma diversidade de animais selvagens, ecossistemas e de vastos recursos naturais em uma grande variedade de habitats protegidos.

Guiana

A Guiana (pronunciada Gú-i-âna ) (Guyana, ) ou Guyana, oficialmente República Cooperativa da Guiana (em inglês: Cooperative Republic of Guyana), anteriormente conhecida pelo seu nome colonial Guiana Inglesa, é um país localizado no norte da América do Sul. Limita-se com o Suriname ao leste, Brasil ao sul e sudoeste, Venezuela ao oeste, e com o oceano Atlântico ao norte. Culturalmente, é parte do Caribe anglófono (Caraíbas anglófonas, em português europeu). A Guiana foi colônia neerlandesa e, subsequentemente, britânica. É o único Estado-membro da Commonwealth (Comunidade de Nações) situado na América do Sul, além de ser a única nação sul-americana a possuir o inglês como idioma oficial. Além disso, integra a Comunidade do Caribe (CARICOM), cuja sede se situa na capital da Guiana, Georgetown, e também é membro pleno da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL). A Guiana conquistou sua independência do Reino Unido em 26 de maio de 1966, mantendo Isabel II como chefe de Estado, e tornou-se uma república em 23 de fevereiro de 1970.

Historicamente, a região conhecida como "Guiana" compreendeu a grande massa de terra no norte do rio Amazonas e leste do rio Orinoco, conhecida como a "terra de muitas águas". Ao longo de sua história, consistiu em três colônias neerlandesas: Essequibo, Demerara e Berbice. Com, a Guiana é o terceiro menor Estado independente no continente sul-americano, depois de Uruguai e Suriname.

Ilhas Malvinas

Ilhas Malvinas (Falkland Islands; Islas Malvinas), também chamadas Ilhas Falkland, ou simplesmente Falklands, são um arquipélago localizado no sul do oceano Atlântico, na plataforma continental da Patagônia. As principais ilhas estão cerca de 483 quilômetros a leste da costa do sul da América do Sul, a uma latitude de cerca de 52°S. O arquipélago, com uma área de quilômetros quadrados, é composto pela Malvina Ocidental, Malvina Oriental e outras 776 ilhas menores. Como um território britânico ultramarino, as ilhas têm governo próprio e o Reino Unido assume a responsabilidade pela defesa e relações internacionais do território. A capital é a cidade de Stanley, na Malvina Oriental.

Existe uma grande controvérsia sobre a descoberta e posterior colonização das Malvinas pelos europeus. Em vários momentos, as ilhas tiveram assentamentos franceses, britânicos, espanhóis e argentinos. O Reino Unido reafirmou seu controle sobre o arquipélago em 1833, embora a Argentina mantenha sua reivindicação às ilhas. Em abril de 1982, forças argentinas ocuparam temporariamente o território. A administração britânica foi restaurada dois meses mais tarde, no final da Guerra das Malvinas.

Suriname

Suriname (em surinamês: Sranan), oficialmente chamado de República do Suriname (em neerlandês: Republiek Suriname), é um país do norte da América do Sul, limitado a norte pelo oceano Atlântico, a leste pela Guiana Francesa, a sul pelo Brasil e a oeste pela Guiana. Com pouco menos de 165.000 quilômetros quadrados, é o menor país da América do Sul. O Suriname tem uma população de aproximadamente 558.368 habitantes, a maioria dos quais vive na costa norte do país, dentro ou nos arredores da capital e maior cidade do país, Paramaribo. O Suriname é considerado uma nação medianamente desenvolvida, com índice de desenvolvimento humano (IDH) de 0,725, considerado elevado, e com um renda per capita de US$ 6,373 e perspectiva média de vida ao nascimento de.

Suriname foi por muito tempo habitado por vários povos indígenas antes de ser explorado e contestado pelas potências europeias do século XVI, chegando finalmente ao domínio holandês no final do século XVII. Durante o período colonial holandês, foi principalmente uma economia de plantação dependente de escravos africanos, mas que, após a abolição da escravidão, servos da Ásia foram contratados. Em 1954, Suriname tornou-se um dos países constituintes do Reino dos Países Baixos. Em 25 de novembro de 1975, Suriname deixou o Reino dos Países Baixos para se tornar um estado independente, mantendo, no entanto, estreitos laços econômicos, diplomáticos e culturais com seu antigo colonizador.

Linguagem

English language (English)  Lingua inglese (Italiano)  Engels (Nederlands)  Anglais (Français)  Englische Sprache (Deutsch)  Língua inglesa (Português)  Английский язык (Русский)  Idioma inglés (Español)  Język angielski (Polski)  Limba engleză (Română)  英語 (日本語)  Английски език (Български)  영어 (한국어)  Englannin kieli (Suomi)  Bahasa Inggris (Bahasa Indonesia)  Anglų kalba (Lietuvių)  Engelsk (Dansk)  Angličtina (Česky)  Inglise keel (Eesti)  Angol nyelv (Magyar)  Engleski jezik (Hrvatski)  Angļu valoda (Latviešu)  Αγγλική γλώσσα (Ελληνικά) 
 mapnall@gmail.com